75% dos Aplicativos Universais do Windows são utilizados em smartphones e não em PCs

0

Aplicativos Universais do Windows UWP

Segundo Alan Mendelevich, CEO da AdDuplex, 75% dos Aplicativos Universais do Windows são utilizados em smartphones e não em PCs e Tablets, o que é incrível.

Por que é incrível? Simples, atualmente mais de 300 milhões de dispositivos já usam o Windows 10, porém, a grande maioria deles são PCs e Tablets e não smartphones, o que nos leva a pensar como é possível então que a maioria dos APPs UWP são usados pela minoria e não pela maioria. Na verdade, Mendelevich disse que a atual proporção entre PCs VS smartphones com Windows 10/Windows Phone 8.1 chega a ser de 100 para 1, isto é, a cada 100 Desktops com Windows 10 há um smartphone com Windows 10.

Claro que sabemos que boa parte desses usuários com PCs com Windows 10 não tem o hábito de usar APPs em suas máquinas. Grande parte deles ainda prefere usar o Facebook no navegador em vez de pelo APP, assim como centenas de outras tarefas que são executas em programas comuns (Win32) e pelo browser. Por outro lado, usuários de smartphones tem o hábito de buscar o que querem na loja e se recusam a usar o browser para fazer algumas coisas.

Aqui temos duas vertentes, uma boa e outra ruim.

  1. Os UWP tendem realmente a ganhar ao menos duas versões, como pretendia a Microsoft: uma para desktops e outra para smartphones, tendo em vista que está mais do que claro que há um público mobile interessado neles;
  2. Vendo que quem usa PCs não tem muito interesse em APPs, alguns DEVs podem reconsiderar o investimento de tempo e dinheiro no desenvolvimento de tais aplicações, já que não serão os 300 milhões de usuários que irão atrás de sua criação.

O CEO da AdDuplex ainda fez um comentário a cerca do assunto, mas que tem haver com as fabricantes de telefones com Windows 10 Mobile, veja a seguir:

“Mas, eu ainda acredito que, com a quantidade certa de vontade, agitação e “incentivos” adequados (provavelmente muito menos do que o custo de comprar a Nokia), deve ser possível convencer grandes OEMs, como a HTC e Xiaomi, a liberarem smartphones com Windows 10 e assim manter uma proporção mais adequada do uso dos aplicativos universais do Windows. O futuro de todo o ecossistema do Windows depende disso, e eu não ouvi uma estratégia plausível em que isso não vá acontecer.”

É um comentário bem positivo para Microsoft e seu conceito de Aplicativos Universais. Esse raciocínio também só reforça o fato de que a Microsoft precisa do Windows 10 Mobile mais do que nunca para fazer com que sua ideia de um único núcleo de desenvolvimento dê certo. Ela tem um longo caminho pela frente para levar a cultura dos usuários de smartphones até seus fiéis usuários de desktops.

Fontes: Windows Central

Share.

About Author

Funcionário Público Federal, formado em Licenciatura em Química, Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta do Windows Phone. Carpe Diem