A Microsoft não deveria ter investido na Cyanogen Inc.

0

OnePlus com Cyanogen OS

A Cyanogen Inc. vai fechar as portas do seu escritório em Seattle mantendo apenas mais um posto de trabalho nos EUA, que é em Palo Alto. A empresa ficou muito famosa pela CyanogenMod, uma ROM customizada do Android que prometia fazer milagres na plataforma, como aumentar o desempenho do sistema, assim como aumentar a autonomia da bateria, entre outras coisas. Em parte, todas essas promessas eram cumpridas, porém, por necessitar de um root no celular, o processo pode ser considerado demasiadamente complicado para um usuário comum.

Em 2013 a Cyanogen Inc. viu sua fama crescer exponencialmente com o lançamento do One Plus, um smartphone top de linha com acabamento premium que roda o CyanogenMod nativamente, ou CyanogenOS se assim preferirem, ao invés da clássica versão do Android construída pela Google. O One Plus ganhou algumas outras versões, porém, por ser uma linha de smartphones com acesso limitado, não chegou a “arranhar” a fama de OEMs mais poderosas, como a Samsung, LG e Xiaomi.

O CEO da Cyanogen Inc. é uma pessoa no mínimo ambiciosa (ou seria sem noção?), já que não tem muito tempo que ele afirmou que o CyanogenMod “mataria” o Android da Google e dominaria o mercado. O interesse da comunidade no CyanogenMod sempre foi muito grande. Grande ao ponto de grandes empresas investirem na iniciativa, como a Microsoft e a Qualcomm, o que hoje parece ter sido um mal negócio.

O investimento da Microsoft também incluiu um acordo de cooperação que resultou na adoção de vários serviços Microsoft no S.O. em detrimento dos tradicionais da Google, como Outlook ao invés de Gmail, OneDrive no lugar do Drive, e assim por diante.

O problema é que a empresa não está conseguindo nem de longe alcançar seu objetivo maior que era competir com o Android da Google. Na verdade eles não andam nem um pouco bem, e infelizmente fecharão as portas do seu escritório em Seattle, restando apenas um outro em Palo Alto. Um bom motivo para esse fracasso foi o rompimento da Cyanogen Inc. com fabricantes chinesas em 2014… um grande erro por sinal.

O futuro da empresa é incerto, mas algo concreto que já podemos considerar é o fim do desenvolvimento da CyanogenMod enquanto ROM pela empresa. Aqui nasce o primeiro problema, isso porque quem tem um One Plus, mesmo a versão mais recente do aparelho, não ganhará mais atualizações do S.O. de forma oficial, restando esperar por uma nova ROM customizada pela comunidade em si, que não deverá abandonar a ROM tão cedo.

Consideramos isso uma lástima, isso porque como já dissemos antes, nenhum monopólio é saudável para o consumidor final e torcíamos pelo sucesso do CyanogenMod, assim como de outros sistema operacionais, como o Windows 10 Mobile, Sailfish e Tizen. O sucesso dessas plataformas poderia trazer um equilíbrio interessante para o mercado mobile, hoje completamente dominado pelo Android da Google. O mesmo vale para o Windows da Microsoft, que hoje reina soberano no mercado de PCs. Seria sim interessante ver o Linux, por exemplo, ganhando mais espaço nesse mercado. Concorrência sempre é benéfica para os consumidores.

Fontes: TecMundo e cnet

Share.

About Author

Funcionário Público Federal, formado em Licenciatura em Química, Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta do Windows Phone. Carpe Diem