EarthNow: projeto de “Google Earth” em tempo tem até Bill Gates entre investidores

0

O ex-chefão e co-fundador da Microsoft, Bill Gates, atualmente dedicada a maior parte do seu tempo a filantropia, e vez ou outra termina investindo em tecnologias inovadoras que visam melhorar a vida das pessoas ao redor do mundo, no entanto, Gates está investindo numa tecnologia que está envolta de polêmica… é o projeto EarthNow.

O EarthNow consiste em um programa que tem como principal objetivo oferecer vídeos da terra em tempo real. O local de observação é o espaço, onde satélites ultra modernos poderão transmitir ao vivo vídeos de todos os cantos do planeta. A ideia é oferecer uma transmissão de vídeo em tempo real de qualquer ponto do planeta com um atraso máximo de até 2 segundos.

Por que Gates estaria investindo no EartNow? Porque uma das principais preocupações e aplicações do programa é oferecer serviços para empresas e governos, proporcionando informações para monitorar tempestades, conflitos violentos, desastres naturais e embarcações ilegais de pesca ou até mesmo piratas. Sendo assim, as imagens poderiam ser muito bem aproveitadas para promover amelhorias na vida das pessoas, mas…

Resultado de imagem para EarthNow

Tem um “porém” nesse meio todo, já que uma vertente aponta que o EarthNow violará centenas de Leis de invasão de privacidade e poderia facilmente ser usado para espionagem e outros delitos.

A cena a seguir foi retirada do filme “Inimigo do Estado” e representa muito bem o que estamos falando aqui:

No filme, o governo utiliza a tecnologia para perseguir Will Smith, que neste caso interpreta o papel de Robert Clayton Dean, um advogado bem-sucedido de Washington que recebe um vídeo que mostra a ligação entre um oficial do alto escalão da Agência Nacional de Segurança a um assassinato político. A partir daí, Dean se transforma em um alvo constante para a mais perigosa e treinada equipe do governo. Utilizando todos os meios para arruinar sua carreira e conseguir o vídeo de volta, inclusive ferramente de vídeos em tempo real que usam imagens geradas a partir de satélites que estão em órbita. 

A ideia do EarthNow é justamente oferecer esse mesmo tipo de imagem exibida no longa, de alta precisão e qualidade e em tempo real.

Claro que sabemos que alguns governos já possuem tecnologias semelhantes, no entanto, são aplicações extremamente restritas e sigilosas. Além do mais, satélites habilitados para promover vídeos em tempo real com atraso de segundo são extremamente caros e complexos, tanto que a EarthNow acredita que precisará de algo em torno de 1 bilhão de dólares para colocar todo o projeto em funcionamento. Não sabe até o momento quanto eles arrecadaram em relação a meta ambiciosa, tanto pouco quando o programa será oficialmente lançado, mas, se até Bill Gates e a AirBus estão envolvidas, é porque o negócio é sério.

Fonte: mic.com

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!