Sábado, 18 de Agosto de 2018
Home Aplicativos

Microsoft lança mais 6 PWA na loja e retira os não oficiais do Youtube e Uber

21/04/2018 252 0
Microsoft lança mais 6 PWA na loja e retira os não oficiais do Youtube e Uber

A Microsoft continua vasculhando a web a fora em busca de PWAs oficiais e que possuam todos os requisitos para serem indexados na Microsoft Store. Alguns deles são indexados automaticamente e acontece de serem publicados com o nome do DEV constando apenas como “Microsoft Store”. Hoje, sempre que você ver um PWA publicado na loja por desse “desenvolvedor”, significa que ele foi publicado pela própria loja. Foi encontrado e indexado de forma automática.

Tem só apenas alguns dias que vimos o skyscanner e alguns outros PWA serem publicados na loja dessa forma, e agora temos 6 outros nesse mesmo padrão, são eles:

Alguns não tem serventia para o público brasileiro, no entanto, o do Subway funciona perfeitamente em smartphones* e PCs com o Windows 10. Basta selecionar sua cidade e as novidade da rede de fast food estarão lá.

PWA da Subway

Enquanto novos PWA oficiais são adicionados, outros não-oficiais são retirados. Os PWA do Youtube e do Uber que foram publicados pela Pladoo Interactive e não pela Microsoft Store, não estão mais disponíveis para download, nem funcionam mais nos dispositivos que foram baixados. Os PWA ficaram disponíveis por poucos dias e depois foram retiradas pela Microsoft. Os motivos para essa retirada nós não sabemos, mas suspeitamos de reclamações da Uber e da Google ou mesmo a própria Microsoft resolveu removê-los por outros motivos.

Claro que nem sempre será a Microsoft que irá publicar PWA na loja. Recentemente vimos o caso do App oficial da Trivago, que chegou na loja como um PWA universal, que funciona em qualquer device com Windows 10. Eles próprios publicaram a aplicação na loja. Não precisou da Microsoft no processo.

*Nos smartphones com Windows 10 algumas funcionalidades dos PWA não estão contempladas devido a falta de suporte do Service Woker. Leia mais sobre isso aqui.

Compartilhe:

Comentários: