Patente da Microsoft sugere gestos em leitores biométricos na tela de smartphones

0

Uma patente registrada pela Microsoft em 2015 revela que a empresa tem em mente que um dia será possível instalar leitores biométricos diretamente no display de um dispositivo que contam com uma tela sensível ao toque. A patente vai um pouco mais além e mostra que eles pretendem introduzir um conjunto de comandos gestuais nesse leitores.

Veja a seguir o texto da patente e sua principal ideia:

“Numa ou mais implementações, um dispositivo de computação que conta com um sensor biométrico, tal como um sensor de toque de impressão digital, que está configurado para detectar a entrada de gestos. Quando a entrada de gestos é recebida de um usuário, o sensor biométrico detecta as características biométricas (por exemplo, uma impressão digital) do usuário e determina um gesto (por exemplo, um toque, toque e segura ou desliza) com base na entrada de gestos. O utilizador é autenticado se as características biométricas corresponderem a um utilizador autorizado no dispositivo. Se o utilizador é autenticado, o dispositivo transita para um estado de utilizador autenticado que está associado com um tipo de gesto, tal como exibindo informações pessoais mesmo como o dispositivo com a tela bloqueada ou abrindo um centro de ações rápidas.”

O mais interessante de tudo isso é que a Google já usa essa tecnologia no seu primeiro smartphone signature, o Google Pixel. No smartphone da Google com Android é possível realizar justamente esses três gestos previstos pela patente da Microsoft, são eles:

  1. Apenas tocar
  2. Tocar e segurar
  3. Tocar e deslizar

No Pixel esses comandos são convertidos em ações no sistema operacional. Penso que, se a Microsoft lançar algo do tipo para seus aparelhos ou para o Windows 10, sem dúvida muitos dirão que seria apenas mais uma cópia, quando na verdade hoje a Google pode estar tendo que pagar a Microsoft para usar tal funcionalidade devido a existência dessa patente.

Deixando esses pormenores de lado, foquemos na questão leitores biométricos em displays, coisa que ainda parece ser algo muito futuristas, no entanto, não deve demorar para vermos os primeiros displays capazes de identificar uma impressão digital. Já temos telas de altíssima resolução, telas transparentes, ultra resistentes, de baixíssimo consumo energético, então, porque não pensar em algo novo como isso? Adiante…

Fonte: pdfaiw via: MSPoweruser

Share.

About Author

Funcionário Público Federal, formado em Licenciatura em Química, Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta do Windows Phone. Carpe Diem