Venda de aparelhos com Windows Phone em queda na Europa

0

A Europa sempre foi o reduto do Windows Phone. Desde os tempos da Nokia que os países do velho continente era o local onde mais se vendia modelos com Windows Phone, mais especificamente os Lumias da Nokia/Microsoft. O fato é que essas vendas estão em queda e o culpado parece ser a própria Microsoft.

Segundo o mais novo relatório da Kantar, o número de aparelhos com Windows Phone/Windows 10 Mobile vendidos diretamente para o consumidor, caíram em diversos países do bloco, como por exemplo na Alemanha, França, Itália e Espanha. Fora dessa curva temos o Reino Unido, onde foi registrado um pequeno aumento de cerca de 1,1%.

Como os números são com relação ao mesmo período do ano passado (janeiro de 2015 X janeiro de 2016), nota-se claramente que a falta de novos dispositivos com Windows 10 Mobile no mercado nesse período é um dos principais fatores para tal queda, e isso é culpa da própria Microsoft.

O Lumia 650 precisa chegar as prateleiras da lojas e operadoras

O Lumia 650 precisa chegar as prateleiras da lojas e operadoras

Eles estão demorando demais para “espalhar” suas novidades pelo mundo a fora, tanto que os Lumias 550 e 650, que poderiam alavancas as vendas, ainda não chegaram a muito países europeus muito menos aos latino-americanos. Os Lumias 950 e 950 XL são um tanto quanto caros e voltados para um público muito específico, o que resulta em uma queda nas vendas, sem dúvida. Uma pessoa de baixo poder aquisitivo nunca vai preferir um Lumia 950 a um 650.

Por fim, a demora no lançamento do Windows 10 Mobile para modelos antigos causou uma grande insatisfação nos consumidores do software, o que pode ter levado a um migração de usuários para outras plataformas, que preferiram comprar um outro smartphone com Android ou iOS, ao invés de comprar um novo Lumia ou outro modelo com Windows 10 Mobile, tendo em vista que a oferta de OEMs diferentes da Microsoft na Europa é bem maior do que aqui. Como estamos falando de janeiro, muita gente pode ter feito essa migração no natal do ano anterior, deixando um “buraco” em janeiro.

Furker W5.5 é um exemplo de novo modelo de Windows 10 Mobile lançado na Europa

Furker W5.5 é um exemplo de novo modelo de Windows 10 Mobile lançado na Europa

Para não dizer que tudo foi péssimo nesse relatório, nos EUA houve um aumento nas vendas com relação a meses mais recentes, como dezembro de 2015, onde a cota era de 1,6% contra 2,6% em janeiro. Possivelmente isso foi devido a chegada do Lumia 950 a operadora americana AT&T, que possui milhares de clientes. Também registrou-se um crescimento nas vendas no Japão, possivelmente explicado pelo lançamento de vários novos modelo de Windows 10 Mobile por lá, a exemplo do NuAns Neo.

Um detalhe é que os relatórios da Kantar não computam as vendas de smartphones feitas diretamente a empresas, e como sabemos que a Microsoft também vende muito para clientes corporativos, seria interessante uma soma desses dois “volumes” de vendas, porém, infelizmente para isso seria preciso que a MS divulgasse esse número, o que ela possivelmente não fará.

O Lumia 650 e 950 são dois bons exemplos de modelos criados e pensados para o mercado corporativo, sobrando então apenas os Lumias 550 e 950 XL como novidade para os consumidores comuns. Um deles é muito fraquinho e o outro é muito caro. Um bom mid-end poderia fazer alguma diferença neste momento.

kantar-jan-2016

Fontes: Kantar via: WMPU

Share.

About Author

Funcionário Público Federal, formado em Licenciatura em Química, Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta do Windows Phone. Carpe Diem