10 Tendências de Consumo para 2016

0

Uma pesquisa realizada recentemente pela Ericsson ConsumerLab, apontou as 10 principais tendências de consumo que prometem impactar o mercado em 2016.

bitdefender post img11 – Vida conectada: Através da internet as pessoas estão cada vez mais conectadas e, segundo a pesquisa, quatro em cada cinco entrevistados se beneficiam, de alguma forma, dessa conexão e do compartilhamento de experiências que ela possibilita – resenhas de serviços ou produtos são bom exemplos de como o compartilhamento de informações nos ajuda na tomada de decisões.

2 – A era do vídeo: A maneira como o conteúdo digital é consumido varia de acordo com as gerações; uma das diferenças mais significantes está no Youtube: em 2011 o serviço recebia cerca de 30 horas de vídeo por minuto, hoje mais de 300 horas são enviadas a cada minuto; 20% dos entrevistados com idade entre 16 e 19 anos afirmam que passam mais de 3 horas por dia no site, enquanto para os entrevistados de 30 a 34 anos, essa porcentagem é de 9%.

3 – Inteligência artificial pode marcar o fim das telas: Um em cada dois usuários de smartphone acredita que, em pouco tempo, o aparelho será coisa do passado; a baixa autonomia das baterias e o tamanho, cada vez maior dos aparelhos, são os principais problemas apontados pelos usuários. Para 85% dos usuários de smartphones, em 5 anos a inteligência artificial substituirá a necessidade de estar sempre com uma tela em mãos.

4 – Virtual e real mais próximos: a possibilidade de que as experiências virtuais seriam mais realistas atrai as pessoas: mapas, filmes, esportes, suporte técnico e, até mesmo compras são algumas das atividades que seriam melhoradas com a ajuda da realidade virtual.

5 – Casas inteligentes: 55% dos usuários de smartphone acreditam que as casas do futuro serão inteligentes, não apenas graças aos aparelhos domésticos, mas na própria alvenaria, que poderá detectar problemas, como mofo ou vazamento, por exemplo.

6 – Deslocamento produtivo: 20% dos entrevistados gastam mais tempo deslocando-se de um ponto a outro, do que em atividades de lazer; inclusive, quem passa mais de 9 horas por semana em deslocamento, acredita que não tem tempo suficiente de lazer. Para os pesquisadores, o futuro do transporte urbano deve ir além do deslocamento, possibilitando que os usuários possam aproveitar melhor o tempo que passam viajando.

7 – Chat de emergência: Hoje mais pessoas se comunicam através de troca de mensagens do que por ligações telefônicas; muitas pessoas também compartilham fotos e vídeos instantaneamente, através de redes sociais. Com isso, é fácil entender porquê 65% dos usuários de smartphones usariam um aplicativo de emergência, que alertaria sobre desastres e crises. Um em cada dois usuários acredita também que serviços de emergência deverão aderir aos chats nos próximos anos.

8 – Internables: Os consumidores de hoje gostam de cuidar da saúde, monitorando suas atividades através de aparelhos eletrônicos, no entanto, muitas vezes esses aparelhos podem atrapalhar, por isso acredita-se que em breve a saúde poderá ser monitorada através de sensores internos, os internables.

9 – Tudo pode ser hackeado: Com cerca de 3,2 bilhões de usuários, a internet tem uma alcance massivo, instantâneo e global, porém ao mesmo tempo pode ser utilizada para a disseminação de vírus e para outros tipos de crimes cibernéticos; com a expansão da internet para outros aparelhos domésticos, a preocupação dos usuários aumenta, por isso o bom investimento em proteção antivírus, provavelmente, será uma prioridade nos próximos anos.

10 – Jornalistas ocasionais: Compartilhar informação on-line é uma atividade corriqueira para a maioria dos usuários e isso pode ter efeitos benéficos, que vão além da interação social. Para 37% dos entrevistados, compartilhar informações sobre uma companhia corrupta é mais eficiente do que fazer uma denúncia a polícia; 54% dos usuários de smartphone acreditam que a internet facilita a denúncia de comportamentos corruptos e ilícitos.

Gostou dos resultados da pesquisa? Compartilhe!

Imagem: KH News

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!