125 mil empresas estão usando o Microsoft Teams e agora com um novo recurso

0

A Microsoft continua trabalhando firme no mercado competitivo de ferramentas de colaboração, agora o Microsoft Teams está sendo usado por 125.000 organizações; um belo aumento desde as 50.000 no seu lançamento oficial em março.

A empresa divulgou nesta manhã que também introduziu um novo recurso: Acesso como convidado no Microsoft Teams, possibilitando as organizações uma maneira de trazer autônomos ou consultores em um projeto e mostrar-lhes tudo o que eles precisam saber, e nada mais, disse Larry Waldman, gerente de programas do Microsoft Teams, afirmando que o acesso como convidado estava entre os pedidos mais frequentes e mais antigos dos clientes.

“Sabíamos que precisávamos disso, porque os funcionários de empresas trabalham com pessoas de fora de suas empresas, muito regularmente”, disse Waldman. “Isso é algo que ouvimos comentários mesmo quando estávamos desenvolvendo o Teams.”

O recurso de acesso como convidado foi projetado para facilitar a inclusão pessoas de fora de uma organização em conversar sobre projetos chaves. Um administrador pode controlar o que o hóspede tem acesso, tais como documentos importantes, bem como projetos específicos ou tópicos de conversa no Teams, ao mesmo tempo, restringindo o acesso a outras funções da empresa no Microsoft Teams. Isso garante que as pessoas de fora da organização não vejam coisas que não deviriam, mantendo também as linhas de comunicação e colaboração aberta.

Qualquer pessoa com uma conta Azure Active Directory pode ser adicionada através do acesso como convidado do Teams; a Microsoft está trabalhando em uma ampliação para incluir qualquer pessoa com uma Conta da Microsoft, o que seria mais legal ainda.

O Microsoft Teams está incluído, atualmente, sem custo adicional nas assinaturas corporativas do Office 365 e está disponível em 181 mercados ao redor do mundo. Como parte do pacote Office — que possui mais de 100 milhões de usuários ativos mensais — o potencial de crescimento desta ferramenta é enorme.

A Microsoft não espera que o Microsoft Teams irá imediatamente tomar o mercado competitivo de colaboração empresarial, que inclui alguns dos mais poderosos gigantes da tecnologia do mundo, tais como Amazon, Google e Facebook, bem como o Slack, mas, a empresa pretende definir o Office como um programa separado para as empresas.

“Nós não achamos que haja uma única solução que se encaixe com todas as ferramentas de colaboração; nós estamos realmente posicionando o Office 365 como o kit de ferramentas universal para colaboração,” disse Waldman.

Um levantamento recente de profissionais de TI realizado este ano pela Spiceworks descobriu que o uso do Microsoft Teams irá aumentar nos próximos anos, enquanto a adoção de ferramentas concorrentes como o Google Hangouts e o Slack, deverão ter um aumento tímido neste mesmo período. Segundo o estudo, essa tendência prevê que o Microsoft Teams será o segundo app mais popular de bate-papo no local de trabalho até ao final de 2018, perdendo apenas para outro programa da Microsoft, o Skype for Business.

Entre o anúncio da versão preview do Teams em novembro passado e seu lançamento em março, a Microsoft adicionou mais de 100 novos recursos, com muito mais chegando em breve.

“Há tantas oportunidades de inovações e tantas ideias que nós temos e tantas coisas que achamos que podemos fazer para diferenciar mais ainda o 365 como o kit de ferramentas e posicionar o Microsoft Teams como o centro de colaboração da próxima geração”, disse Waldman.

Esperamos que a comunidade Windows Insider Brasil no Slack, tocada pelo André H Buss, possa migrar para o Microsoft Teams logo em breve e o acesso através da Conta da Microsoft, é outro recurso muito aguardado.

 

Fonte: GeekWire

Share.

About Author