A Microsoft vai abandonar o Windows Phone? Cadê os top de linha?

0

Mouse e o Lumia Windows 10

Recentemente alguns tweets do pessoal do MSFTNerd estarreceram alguns fãs do Windows Phone e deixaram milhares deles preocupados. Isso porque o conteúdo das mensagens dizia que a Microsoft não tinha mais interesse em investir em sua plataforma móvel, o Windows Phone, e consequentemente no Windows 10 Mobile também não, e que muito em breve abandonaria o software.

Claro que tais afirmações realmente são estarrecedoras, porém, são apenas rumores sem fundamento algum. Satya Nadella, atual CEO da Microsoft, nunca falou algo sequer parecido com isso, muito pelo contrário, já deixou claro, inúmeras vezes, que a empresa tem interesse em atender seus clientes nas mais diversas instâncias do mercado de tecnologia. As principais frases do seu discurso mais comum também apoiam isso: “Mobile First, Cloud First…”, e mesmo sendo uma referência não apenas a telefones celular, sem dúvida eles estão contidos nessa primeira frase, que faz menção a mobilidade.

Além disso, não faz muito tempo que a Microsoft encheu o peito ao anunciar o Windows 10 e toda a sua integração, já que seu mais novo sistema rodará não apenas em PCs, como também em tablets, no Xbox One, no HoloLens, em dispositivos da internet das coisas, em TVs inteligente, como a Microsoft Surface Hub e, é claro, em smartphones. O modo continuum tão intensamente aplaudido e demonstrado por Joe Belfiore mostrou o enorme potencial do Windows 10 Mobile ao projetar todo o conteúdo do telefone em um monitor ou PC compatível, mas com uma interface desktop, e a Microsoft sabe disso.

Windows 10 mini PC interacao smartphones

Claro que a divisão Windows Phone até hoje não conseguiu alcançar os resultados esperados, que seria uma cota de mercado maior e mais OEMs, porém, providências já estão sendo tomadas, e a primeira delas foi a demissão de Stephen Elop e a criação de uma nova divisão que ficará a cargo de Terry Myerson. Diferente de Elop, Myerson vem de uma trajetória de sucesso dentro da Microsoft, enquanto Elop estava a frente da Nokia quando a mesma sucumbiu. Myerson vai liderar uma divisão que terá o controle tanto sobre o desenvolvimento do hardware como do software quando o assunto for mobile. Isso é algo muito importante, pois acelerará o desenvolvimento e o lançamento de novidades, ao mesmo tempo que dará mais controle a chefia sobre tudo, seja sobre coisas boas ou ruins.

O fato é que o Windows 10 Mobile está crescendo e aparecendo. O sistema nem foi lançado e já aparece ganhando comparativos, encantando novos OEMs e usuários. Nada impedirá seu lançamento e sem dúvida a Microsoft continuará investido nele. Coisa que podem acontecer, por exemplo, e que podem ser mais impactantes e que envolvem o Windows 10 Mobile, são coisa como:

Mais OEMs menos Lumias

A Microsoft precisa de mais OEMs para bater de frente com o Android, já que a Apple não é o seu principal alvo ou concorrente nesse mercado. Para isso, pode ser que eles tenham que reduzir drasticamente seu portfólio de Lumias, mas antes disso eles precisam “cobrir” as brechas dos antigos Nokia Lumia, desvencilhando a marca Nokia dos seus Windows Phone.

Conceito de novos Lumias

Conceito de novos Lumias

Eles precisam fortalecer a marca Microsoft Lumia, evitando a atual confusão com os nomes dos aparelhos, com seus códigos que mais ninguém entende. O Lumia 640 XL, por exemplo, é melhor que o 730, mas como? se o número é inferior? Era assim que a Nokia fazia, mas não a Microsoft. Ele devem “limpar” essa codificação e no futuro devem lançar menos modelos, assim como acontece com o tablet Surface, por exemplo. Isso dará mais espaço as demais fabricantes parcerias para que as mesmas lancem seus aparelhos e que esses não concorram diretamente com seus Lumias.

Novo aparelho da LG, uma das primeiras grandes OEM que está voltando ao universo WP

Novo aparelho da LG, uma das primeiras grandes OEM que está voltando ao universo WP

Demora proposital no lançamento de tops de linha

Os top de linha possivelmente só chegarão em setembro ou outubro junto com o lançamento do Windows 10 Mobile. É bom nos acostumarmos com essa ideia, mas, informações preliminares do Windows Central dizem que dois modelos top de linha já estão em fase final de testes, seriam eles os Lumias Cityman e Talkman.

O primeiro deles, o Talkman, poderia ser o que chamamos de Lumia 940 e contaria com:

  • Tela de 5,2 polegadas com resolução QHD (1440×2560)
  • Processador Qualcomm de seis núcleos
  • 3GB de RAM
  • 32GB de armazenamento interno com um slot para cartão microSD
  • Câmera principal de 20MP
  • Câmera frontal de 5MP
  • Bateria de 3000mAh
  • USB Tipo-C
  • OBS: O acessório para usar o modo Continuum não virá incluso no kit da caixa

Já o Cityman seria o top do top, se chamaria Lumia 940 XL e contaria com:

  • Tela de 5,7 polegadas com resolução QHD (1440×2560)
  • Processador Qualcomm de oito núcleos, possivelmente da serie 810
  • 3GB de RAM
  • 32GB de armazenamento interno com um slot para cartão microSD
  • Câmera principal de 20MP com tecnologia pureview e led flash triplo
  • Câmera frontal de 5MP
  • Bateria de 3300mAh removível
  • USB Tipo-C
  • OBS: O acessório para usar o modo Continuum não virá incluso no kit da caixa

Enfim, a Microsoft está a todo o vapor em direção ao lançamento e propagação do Windows 10 em todas as suas versões, sendo assim, rumores sobre o fim do Windows Phone não devem ser levados em consideração, mas sim, tidos como uma informação que busca apenas cliques e visibilidade da fonte, mesmo que sejam pessoas que já divulgaram informações verdadeiras anteriormente.

Fontes: WC

Obg ao João Paulo pela dica 😉

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!