A Microsoft vai mudar… será que pra melhor?

25

A mudança será radical! Isso é fato. A Microsoft vai mudar a sua estrutura organizacional chegando até o ponto de não ter mais o Windows como o foco principal da companhia. De acordo com o site de notícias AllThings, que cita fontes próximas à empresa, a companhia deverá tirar o foco dos softwares e centralizar sua estratégia em dispositivos e serviços empresariais.

microsoft-logo-640x480

Hoje a Microsoft tem apenas cinco grandes divisões na empresa: Windows, Servidores e Ferramentas, Serviços Online, Negócios e Dispositivos e Entretenimento. O Xbox, por exemplo, está dentro da última, e com essa mudança, quem sabe, novas divisões específicas para o Windows Phone e Xbox sejam criadas, tendo em vista que ambos já merecem tanta atenção quanto o Windows (especialmente o Xbox).

xboxsurface_concept

Outra mudança que acontecerá nessa reestruturação da Microsoft será o foco também em hardware, e não em softwares. Tanto que Ballmer disse em uma carta aos acionistas da empresa: “(…) o valor completo de nosso software será visto e sentido na forma como as pessoas usam os dispositivos e serviços, no trabalho e em suas vidas pessoais”.

Em outro trecho da carte ele ainda completa: “Haverá momentos em que nós construiremos dispositivos específicos para fins específicos, como optamos por fazer com o Xbox e, mais recentemente, o Surface”.

Cremos que isso será muito bom para o Windows Phone. Mesmo que não seja criada formalmente a divisão Windows Phone, sabemos que a empresa certamente dará mais atenção ao seu S.O. móvel.

Outra coisa que podemos inferir (e desejar) no texto de Ballmer, e que, quem sabe (mais uma vez), o Surface Phone não vire uma realidade, tendo em vista que o Xbox e o Surface foram muito bem recebidos pelos usuários da marca.  Vamos ficar na torcida para que tudo dê certo.

Surface windows phone 8 telefone Microsoft

Fontes: Tecmundo

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!