A questão dos jogos para o Windows Phone, o que podemos fazer com relação a isso?

61

Muitos usuários têm reclamado da quantidade de jogos disponíveis na Marketplace brasileira para o Windows Phone, e com certeza eles têm razão em reclamar, pois, com relação a loja americana, a diferença é enorme. A grande maioria de vocês sabe que o principal motivo dessa escassez é que desde 1988, a Constituição federal prevê em seu artigo 220, parágrafo terceiro, que produtos e eventos de entretenimento oferecidos ao público brasileiro sejam previamente avaliados pelo Ministério da Justiça, que determina, por exemplo, a qual faixa etária eles se destinam.

Então, devido a essa necessidade de submissão ao Ministério da Justiça, muitos desenvolvedores de jogos e aplicativos simplesmente preferem não ter esse trabalho e desistem de lançar suas criações na Marketplace brasileira.  O que é uma pena.

Tarja de classificação etária ou censura usada na Marketplace Brasil exigida pelo governo

Tarja de classificação etária ou censura usada na Marketplace Brasil exigida pelo governo

A Apple também passou por esse mesmo problema durante muitos anos e só agora encontrou uma forma de “adaptar” a mesma classificação usada nos EUA para o Brasil. Já a Google, com o Android, arrumou uma brecha na legislação e deixa todos os jogos da Google Play hospedados e armazenados em servidores americanos e mesmo acessando a loja do Brasil, o usuário baixa o jogo de fora do país. Tanto que só é possível comprar jogos na lojinha do Robô verde com um cartão de crédito internacional.

A Microsoft foi a primeira a adicionar a tarja de classificação etária e de censura a seus jogos para o Windows Phone dentre os grandes OS’s disponíveis no país, mas, isso tem nos prejudicado mais do que beneficiado.

Então, estamos convocando a todos para que, quando tiverem interesse em algum app que não esteja disponível na loja brasileira, a entrar em contato com o desenvolvedor do aplicativo ou jogo, e cobrar dele o lançamento deste em nossa loja. Para isso você pode:

  • Acessar a Marketplace online
  • Mudar o país para United States
  • Buscar pelo app ou jogo que não esteja disponível na loja brasileira
  • Encontrar o nome do desenvolvedor
  • Depois pesquisar na web o email de contato deste desenvolvedor para enfim lhe cobrar o lançamento do seu app por aqui.

Parece trabalhoso, mas, vale a pena. Se ao menos metade dos usuários brasileiros fizesse isso ao menos com um app ou jogo, muita coisa poderia mudar.  Pois, se nós, que somos os maiores interessados não fizermos nada, quem fará? Caso não queria procurar o fornecedor, ao menos envie uma reclamação a Microsoft (envie aqui).

Para quem deseja mudar para a loja americana, a boa notícia é que já descobrimos com comprar lá com cartões de crédito nacionais (com a função internacional) veja aqui como. A má notícia e que para mudar a Live ID no seu parelho da nacional para uma americana, será necessário resetar o aparelho, e isso irá apagar todo o conteúdo do seu smart. Mas, vale mesmo a pena mudar para a loja americana? Sim! Para quem gosta muito de jogos. Já se você não curti joginhos no celular, então, Não! Não vale a pena, pois, há apps com conteúdo nacional que não estão disponíveis na loja americana. A decisão é sua…

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Esse marketplace brasileiro tá um lixo.. bem que vocês podiam fazer igual o android, hospedar os games nos Estados Unidos, ou em outro qualquer lugar.