Segunda-Feira, 16 de Julho de 2018
Aparelhos Android de entrada VS aparelhos com Windows Phone de entrada

A Nokia se aliou a Microsoft visando a liderança do mercado de celulares. Liderança essa recém perdida para a Samsung e sua infinidade de aparelhos equipados com Android. A Microsoft por sua vez viu na Nokia e na HTC a oportunidade de adentrar no concorrido mercado de telefonia e tentar conquistar milhares de fãs para sua plataforma móvel, que, consequentemente também trará usuários para o Windows e demais serviços de Redmond.

A HTC conseguiu mostrar dois excelente aparelhos equipados com o Windows Phone 8, contudo, o mais básico deles não é tão básico assim e custa mais de R$ 900,00 lá fora. A Nokia por sua vez começou a pensar efetivamente no mercado de smartphones de entrada, e agora está com dois modelos extremamente competitivos frente ao domínio dos smarts de entrada Androidianos, que são os Lumias 520 e 620, no entanto, vamos nos ater apenas ao Lumia 520.

Para se ter um ideia se esses novos WP8 poderão ou não competir com os Androids, vamos fazer o seguinte comparativo: Qual smartphone com Android é possível comprar pelo preço de um Nokia Lumia 520? Vamos lá… o preço sugerido do Lumia 520 é de 139 euros, algo em torno de R$ 360,00 convertidos para nossa moeda. Mas, vamos acrescentar os impostos e a cara de pau dos nossos políticos e fechar nos R$ 549,00. O que podemos comprar com isso agregado ao um robozinho verde?

Nokia Lumia 520 620 vs android Samsung galaxy Xperia Google

Que tal um LG Optimus L3? Ele roda o Android Gingerbread (2.3) tem um processador Single Core de 800Mhz de velocidade, uma câmera de 3.15mpx e sua tele tem 3.2 polegadas. Bem, esse faria feio na frente do Lumia 520 em todos os itens listados acima. Além disso, ele roda uma versão muito antiga do sistema operacional, não tem NFC e só vem com 1Gb de memória interna. Contudo, ele custa algo em torno de R$ 399 – R$ 499, dependendo de onde o usuário compre o seu aparelho. O LG Optimus L5, que tem uma tela maior que seu irmão, usa o mesmo processador e acrescenta apenas mais memória e uma câmera melhor a família L da LG, mas, seu preço dispara para os R$ 649 mesmo sem oferecer uma resolução melhor que a do Lumia 520.

LG-Optimus-L3-L5-and-L7

Vamos tentar outro muito famoso, o Samsung Galaxy Ace 2. Esse tem um processador Dual Core de 800Mhz, também roda o Android 2.3 e tem uma câmera com a mesma resolução do Lumia 520, 5mpx. No entanto, sua tela é de 3.8 polegadas e vem com apenas 4Gb de memória interna, além do seu processador ser mais lento. Ele é mais um que roda uma versão já defasada do Android e custa mais de R$ 599.

Samsung-Galaxy-Ace-2-011

Outra escolha poderia e ser o Sony Xperia U. Este ainda usa o Android 2.3, mas, parece que a Sony prometeu o 4.0 para ele e outros da linha Xperia mais atuais muito em breve. Ele tem um processador Dual Core de 1Gz, câmera de 5mpx, câmera frontal, filma em HD e tem 8Gb de memória interna. Tudo muito semelhante ao Lumia 520, exceto pelo preço, isso porque o Xperia U geralmente é encontrado por R$ 699. Ele ainda perde pra o Lumia em alguns aspectos, como a falta do sensor NFC e por ter uma tela menor de 3.5 polegadas, e o supera apenas por possuir um led flash na câmera principal. Nessa mesma serie ainda temos o Xperia E Dual, que tem um hardware semelhante do do Xperia U, mas, aceita dois chips simultaneamente, contudo, ele é ainda mais caro e tem “coisas” a menos que seu irmão U.

Sony-Xperia-U-745x559-848b9fdaefe2ca39

E quem gosta mesmo da Sony pode comprar um Xperia Mini Pro, contudo, vai ter que se contentar com uma tela de 3.2 polegadas, um processador Single Core e um aparelho que foi lançado há mais de 1 ano. E ainda não vai pagar menos de R$ 450 por um desses novo e quem sabe usará o Android 4.0.

motorola-defy-mini-xt320-ofic

Quel tal um Dual Chip com Android? Temos o Samsung Galaxy Ace Dual, o Galaxy Music Dual, o Motorola Defy Mini Dual. Esses tem processadores que não chegam nem a 1Ghz, pouca memória interna e câmeras de qualidade razoavelmente fracas. Se comparados ao Lumia 520, eles só oferecem o recurso Dual Chip como vantagem no hardware e competem no preço, tendo em vista que alguns custam R$ 499.

samsung-galaxy Dual Chip vs Nokia Lumia 520

Outros mais simples na faixa dos R$ 350 – 450 são os Samsung Galaxy Y, Galaxy Music, Galaxy Pocket, Pocket Dual, Motorola Defy Mini, alguns da Huawei, entre outros. Mas, esses modelos além de rodar versões antigas do Android, tem hardwares que deixarão você com raiva pouco tempo depois de compra-los. Isso porque aliar uma configuração modesta a uma versão já ultrapassada do OS, sem dúvida vai provocar bugs e travamentos no sistema. Mas, se o problema é o preço, você vai ter que se contentar com esses mesmo, porque na faixa abaixo dos R$ 499, não dá para levar muita coisa diferente disso para casa (isso se for um aparelho novo e com NF).  Se o usuário quiser algum modelo que rode o Android 4.0 para cima, vai ter que desembolsar um pouco mais de dinheiro. Até mesmo o ainda nem lançado Samsung Galaxy Fame parece não oferecer um hardware como o do Lumia 520 por um preço tão baixo, mesmo rodando o Android 4.1.

Além de tudo isso que vimos acima, e mesmo que o Lumia 520 chegue por aqui custando R$ 599, ele roda a versão mais atual do Windows Phone, tem atualizações garantidas pelos próximos 18 meses, processador Dual Core de 1Ghz, tem NFC, navegação GPS Offline, uma tela de 4 polegadas que pode ser manuseada até usando luvas, várias capas coloridas, e por fim, roda um sistema operacional bem mais fluido que o Android.

Nokia-Lumia-520-guantes

Obviamente a principal desvantagem do Lumia sobre todos esses Android é a quantidade de apps disponíveis, mas, vale lembrar que muitos, mas, digo muitos mesmo apps do Android não rodam tão bem em hardwares modestos demais, enquanto no Windows Phone a fluidez é única. Isso aliado ao acabamento da Nokia, fica fácil decidir.

Enfim, a Nokia sem dúvida vai conseguir invadir o mercado de smartphones de entrada e bater de frente com a Samsung, LG e demais OEM’s do Android, e assim, quem sabe, chegue novamente na liderança do mercado e leve junto o Windows Phone.

 

Compartilhe