Apple e Google removeram o APP do LinkedIn de suas lojas na Rússia

1

A Apple e a Google removeram o APP do LinkedIn de suas lojas de aplicativos na Rússia. A decisão não foi por acaso ou por qualquer rincha com a Microsoft, mas sim, porque o governo russo as obrigou.

É uma decisão que poderia ser comparada a tomada pelo governo brasileiro ao bloquear o acesso ao WhatsApp em todo território nacional no ano passado, mas estamos falando de um caso bem diferente. O problema por lá é que o governo entende que qualquer software que colete dados de cidadãos russos, tem que manter tais dados em servidores em território russo. Tal exigência, segundo eles, está contida em sua política de privacidade e a Microsoft, dona do LinkedIn, tinha ciência disso e mesmo assim não cumpria com as mesmas, o que resultou no bloqueio e proibição de uso do APP por lá.

Maria Olson, porta-voz da embaixada dos EUA em Moscou, disse que Washington exortou as autoridades russas para restaurar o acesso imediato ao LinkedIn, justificando que tais restrições estão prejudicando o povo russo.

“Os EUA está profundamente preocupado com a decisão da Rússia de bloquear o acesso ao site do LinkedIn,” Disse Olson em um comunicado enviado à Reuters. “Esta decisão é a primeira desse tipo e define um preocupante precedente que poderia ser usado para justificar o fechamento de qualquer site que contenha dados de usuários russos.”

Tudo o que Olson falou tem um fundo de razão, porém, o governo russo também tem suas próprias Leis, que devem ser respeitadas, haja vista que o próprio EUA não gostaria que um russo chegasse por lá, lançasse um serviço X, que infringisse suas Leis locais. É uma situação bem complicada e polêmica.

O fato é que, por hora, os russos não tem mais acesso a maior rede social voltada para o mercado profissional do mundo.

Fonte: MSPoweruser

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!