Apple zombando do CEO da Microsoft: “o que é um computador?”

0

Algumas semanas atrás Satya Nadella, o atual CEO da Microsoft, disse a um grupo de repórters que o estavam entrevistando… “Você precisa comprar um computador de verdade, meu amigo”, fazendo menção ao iPad Pro que um deles estava usando. Ao dizer isso, Nadella simplesmente afirmou com muita clareza que ele e a Microsoft não consideram o iPad da Apple como sendo um computador de verdade. No máximo ele seria algo parecido, porém, que não entrega tudo que o usuário precisa em todas as esferas de produtividade. Claro que Nadella estaria sugerindo que o repórter adquirisse uma máquina com Windows 10, obviamente. Bem, a questão é que pelo visto esse comentário de Nadella foi levado até o alto escalão da Apple, tanto que a resposta chegou na forma de um comercial.

O foco do comercial da Apple é o iPad Pro e suas ferramentas de produtividade, inclusive de sua caneta digital. Veja com seus próprios olhos.

A referência não poderia ser mais nítida… até o título do vídeo remete ao comentário de Nadella, pois, de cara já vem a pergunta: o que é um computador? Como se num futuro próximo as pessoas esqueceriam o que um dia foi os computadores. Então, se eu nem sei o que e isso, porque o iPad deveria ser um computador de verdade? Entende?

De fato e verdade, o iPad Pro tem muito a oferecer quando o assunto é produtividade. A quantidade de aplicativos para esse fim na App Store é enorme. Sem falar no fato dele não só servir para a produtividade, como também para o entretenimento e isso também é mostrado no vídeo, porém, estamos diante de algumas inconsistências…

A primeira coisa que notamos é que a Apple escolheu focar seu comercial em um usuário adolescente. Em alguns momentos percebesse que estamos olhando para uma menina de 10 a 12 anos de idade. Se a ideia era falar de produtividade, ou ainda se o iPad é ou não capaz de substituir um computador tradicional, acredito que a escolha deveria ter sido por um rapaz ou uma moça em um ambiente de trabalho. Poderia até mesmo ter intercalado o uso do gadget entre as várias faixa etárias e etapas da vida humana. Daí, no final, a criança não soube responder o que é um computador quando questionado por sua mãe. Mas, será que o mesmo poderia ser dito se fosse um adulto? Ou uma pessoa na melhor idade?

A segunda inconsistência é: se a Apple confia tanto no taco do seu iPad, porque ainda vende Macbooks e iMacs? E porque dá tanto valor a eles? afinal, eles não são computadores tradicionais? O Macbook sequer tem tela full touch…

É bem verdade que o futuro da computação não passa pelos PCs tradicionais de mesa que temos hoje em casa e no trabalho, porém, não sabemos se o futuro desse mercado é algo como um iPad… também não sabemos se é um Surface Pro com Windows 10 S, que também é limitado a aplicações da loja.

O que você acha sobre tudo isso? O futuro seria um telefone capaz de se tornar um PC, como vimos a prévia com telefones como o Lumia 950 e o HP Elite X3 com o Continuum do Windows 10? Ou seria como o Surface Pro? Ou ainda, será que a Apple está certa e o futuro da computação é um tablet com um sistema baseado em aplicativos?

Fonte: MSPoweruser

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!