Notícias

Apps UWP ainda não possuem suporte para Windows em ARM64

Recentemente, informamos que o Windows 10 ARM64 foi visto nos servidores da Microsoft. Uma série de arquivos remetem ao Windows 10 ARM64 build 16281 que agora está disponível para download nos servidores do Windows Update, conforme observado por um membro dos fóruns My Digital Life.

A Microsoft realizou um bate-papo na Microsoft Edge Web Summit 2017 com Kevin Gallo, vice-presidente corporativo da plataforma de desenvolvimento do Windows na Microsoft, onde entre outras coisas, ele conversou sobre o que virá no SDK do Windows 10 Fall Creators Update, entre outras novidades. Quando perguntado sobre o suporte de apps UWP em ARM64, Gallo respondeu o seguinte:

Kevin Gallo, vice-presidente corporativo da plataforma de desenvolvimento do Windows

“Nós não anunciamos apoio para isso agora. É algo que estamos vendo e avaliando, mas eu não tenho nada para compartilhar agora.”

Bem, sabemos que existem dispositivos ARM de 64 bits rodando o Windows 10 Mobile desde 2015, como o Microsoft Lumia 950, 950 XL, HP Elite x3, Alcatel IDOL 4S, Acer Liquid Jade Primo entre outros possuem chipsets de 64 bits, mas, o Windows 10 Mobile é um sistema operacional de 32 bits. A Microsoft, até o momento, ainda não revelou uma versão de 64bits do Windows 10 Mobile.

Na conferência Ignite de 2016, quando perguntado, a Microsoft respondeu simplesmente que não era necessário, porque não há nenhum telefone Windows com mais de 4GB de RAM.

Para ser bem claro, quando você compila um app UWP, você pode escolher apenas 3 pacotes: x86, x64 e ARM32, ou seja,  a Windows Store só permite o download de qualquer app que corresponda ao seu dispositivo.

Microsoft e a Qualcomm estão trabalhando juntas em novos dispositivos que deverão chegar até o final deste ano e aqui é onde fica interessante. Pela primeira vez, a Microsoft vai oferecer uma versão ARM64 do Windows 10; no entanto, os desenvolvedores ainda não podem compilar um app UWP para ARM64 e segundo Kevin Gallo, eles não estão preocupados com isso.

Conforme se aproxima a chegada desses PCs, sabemos que eles vão executar aplicativos Win32 (clássicos) emulados. Todo mundo sabe perfeitamente que um app nativo em ARM vai oferecer um melhor desempenho que um aplicativo emulado e que foi construído para chips x86.

Alguém poderia pensar que, com a Microsoft apoiando apps UWP em ARM64 de forma antecipada, os desenvolvedores já poderiam enviar seus apps para a Windows Store e assim, já iriam construindo um ecossistema diverso de aplicativos que podem tirar proveito do software e do hardware. Claro, não podemos afirmar que esse suporte não virá algum dia, mas certamente, não parece ser uma prioridade na Microsoft.

Em 2013, a Apple anunciou o primeiro telefone de 64 bits, o iPhone 5s e a maioria afirmou na época que não havia nenhuma vantagem. Mas, aqui estamos, quatro anos depois e agora, a Apple está fazendo dispositivos muito mais poderosos que incluem mais memória RAM e o principal, tem todo um ecossistema de aplicativos em 64 bits, prontos para escolher.

A Microsoft esperando até o último minuto para adicionar suporte a UWP em ARM64 é algo que não faz muito sentido. A Windows Store ainda carece de muitos apps e se a Microsoft adicionar suporte à ARM64 amanhã, realmente não podemos presumir que os desenvolvedores irão atualizar seus aplicativos do dia para a noite.

O que parece, é que a Microsoft está silenciosamente matando os apps Win32 (clássicos) e forçando os desenvolvedores a criar novas versões em UWP.

A Microsoft está começando a fragmentar o seu sistema operacional de desktop. Com o anúncio do Windows 10 S que irá rodar somente apps vindo da Windows Store, a empresa está empurrando os desenvolvedores para adotarem a loja da Microsoft, na esperança de que um dia eles vão converter seus aplicativos Win32 em UWP. Isso terá um grande valor para UWP, especialmente se a Microsoft conseguir, junto com os parceiros (OEMs), que as pessoas comprem essas novas máquinas.

Agora, estamos perto de um Windows em ARM64 desembarcar nos novos dispositivos, fruto da parceria com a Qualcomm. Com o Windows como padrão no desktop, Windows 10 S e Windows no ARM, aumenta o valor e a prospecção de se construir um app UWP para todo o ecossistema.

Por que a Microsoft ainda não suporta UWP em ARM64, é um mistério.

Fonte: NeoWin