Notícias

Bill Gates explica porque é contra as criptomoedas

Declaradamente contra as criptomoedas, o co-fundador da Microsoft, Bill Gates, explicou o motivo pelo qual ele é contra as moedas virtuais neste momento do tempo, chegando ao ponto de dizer que elas poderia estar matando pessoas.

Vamos começar por sua polêmica declaração:

“A principal características das criptomoedas é o anonimato. Eu não acho que isso seja uma coisa boa. A habilidade de governos de encontrar lavagem de dinheiro, evasão de divisas e financiamento ao terrorismo é uma coisa boa. Neste momento, as criptomoedas são utilizadas para comprar Fentanil e outras drogas, então se trata de uma rara tecnologia que causou mortes de uma maneira bem direta. Acho que a onda especulativa ao redor das ICOs e criptomoedas é super arriscada para aqueles que querem perseguir essa caminhada por muito tempo.”

Gates foi bem enfático ao dizer que as criptomoedas poderiam sim ser um dos principais motivos de mortes diversas por ser uma forma de criminosos e terroristas adquiririam as ferramentas necessárias para propagar o mal, e aqui estão inclusos os assassinatos.

Em sua nota, que foi publicada pela rede CNBC, Gates explicou que ele acredita que as criptomoedas são ruins porque elas ajudam as pessoas que querem manter suas transações financeiras escondidas de governos. Muitos cibercriminosos de fato estão inclusos nesse grupo.

Alguém pode perguntar a Gates se o dinheiro “vivo”, as cédulas e moeda, etc, também são anônimos, e a resposta é sim e não, pois, o dinheiro em si não tem um dono, um proprietário nem pode ser facilmente rastreado, porém, realizar transações financeiras online com uma moeda válida e real sem se identificar é simplesmente impossível. E como a questão toda gira em torno de transações online, especialmente na Deep Web (a internet que não pode ser acessada por navegadores comuns), o dinheiro comum e real é muito mais seguro e rastreável. É bom deixar isso bem claro porque é sabido que o dinheiro comum também é comumente usado para financiar o crime, porém, não é o caso aqui.

Resultado de imagem para criptomoedas

As criptomoedas já são consideradas um grande avanço do ponto de vista do mercado financeiro conectado, no entanto, ainda restam muitas arestar a serem aparadas até que seu uso seja considerado completamente legalizado e potencialmente seguro. Até lá, elas ainda são consideradas um investimento de alto risco e muitas vezes servem a propósitos nem um pouco lícitos, o que é uma pena, dado o seu enorme potencial.

Gates só precisa alinhar sua visão com o restante dos seus sócios, afinal, não tem muito tempo que a Microsoft lançou um sistema de registro de transferências de moedas virtuais. A Blockchain foi criada em parceria com startup ConsensYs. Ela é baseada em computação em nuvem para permitir que instituições financeiras possam aderir à moedas virtuais de maneira mais barata.  Quem sabe seu olhar sobre essa questão seja tão radical devido a sua visão como filantropo. Quem sabe ele vê algo mais além do que simples “negócios”. Quem sabe um bom acordo de regulação de nível mundial mude a visão de Gates e a de muitos outros investidores sobre as criptomoedas. 

Alexandre Lima
Microsoft MVP Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!