Sábado, 21 de Julho de 2018
Build insider 17713 traz nova forma de fazer login no Windows

A Microsoft liberou há pouco uma nova compilação insider do Windows 10, a build 17713, para aqueles que optaram pelo Anel Fast ou o Skipe Ahead. Essa compilação faz parte da Redstone 5 que chegará ainda este ano.

O que há de novo na Build 17713 do Windows 10? 

Aprimoramentos para o Microsoft Edge

Controles de reprodução automática de mídia por site: agora você pode controlar as permissões de reprodução automática por site na seção “Permissões do site” do painel Identificação do site – basta clicar no ícone de informações ou no ícone de bloqueio no lado esquerdo da barra de endereço e clicar “Gerenciar permissões” para começar.

Captura de tela mostrando o painel Identificação do site e os controles de reprodução automática de mídia no Microsoft Edge.

Definições de pesquisa para palavras em modo de exibição de leitura, livros e PDFs: eles adicionaram uma nova função de dicionário para que você possa pesquisar as definições de palavras-chave ao ler uma página ou um documento. Basta selecionar uma única palavra para ver a definição aparecer acima da sua seleção.

Captura de tela mostrando uma definição para uma palavra na exibição de leitura do Microsoft Edge.

Você pode escolher que uma palavra seja lida em voz alta para ouvir a pronúncia correta ou expandir mais detalhes da definição. Você pode alternar entre as definições e os tipos de conteúdo nos quais elas trabalham na guia “Geral” do menu de configurações do Microsoft Edge.

Aprimoramentos para o Microsoft Edge enquanto Leitor de PDF

Opções de barra de ferramentas aprimoradas: A barra de ferramentas disponível em um documento PDF aberto no Microsoft Edge agora mostrará as descrições de texto dos ícones para torná-los mais facilmente compreensíveis pelos usuários. Novas opções como “Adicionar notas” agora estão disponíveis na barra de ferramentas para que essas ferramentas sejam úteis quando você precisar delas.

Mostrando a barra de ferramentas do PDF descrita acima.

Pin / unpin PDF toolbar: A barra de ferramentas agora pode ser fixada na parte superior do documento, tornando todas as ferramentas de PDF facilmente acessíveis, se você precisar delas. Você também pode liberar a barra de ferramentas para uma experiência de leitura imersiva. Se a barra de ferramentas estiver desmarcada, ela se ocultará – basta passar o mouse sobre a área superior para trazê-la de volta.

Mostrando a barra de ferramentas do PDF, o ícone de alfinete no lado direito é destacado.

Melhorias na renderização: foram incluídas várias correções de desempenho de renderização nessa compilação. Agora, você verá cada vez menos páginas brancas ao navegar pelos arquivos PDF no Microsoft Edge.

Melhorias para o bloco de notas

Com a Build 17666 , eles estão introduzindo o suporte de finalização de linha estendida para o Bloco de Notas.

Encontrar / substituir wrap-around: foram feitas melhorias significativas na experiência de localizar / substituir no Bloco de Notas. Adicionaram a opção para localizar / substituir wrap-around na caixa de diálogo de localização e o Bloco de notas que agora lembra os valores inseridos anteriormente e o estado das caixas de seleção e também os preenche automaticamente na próxima vez que você abrir a caixa de diálogo de localização. Além disso, quando você tiver algum texto selecionado e abrir a caixa de diálogo de localização, o preenchimento poderá ser automático no campo de pesquisa com o texto selecionado.

Mostrando o Bloco de Notas com a caixa de diálogo Localizar visível, procurando por “Bloco de Notas”.

Zoom de texto: eles adicionaram opções para facilitar e agilizar o zoom do texto no bloco de notas. Há uma nova opção de menu em Exibir > Zoom para alterar o nível de zoom e ainda será exibido o nível de zoom atual na barra de status. Você também pode usar os comandos de teclado Ctrl + Plus, Ctrl + Minus e Ctrl + MouseWheel para ampliar e reduzir e usar Ctrl + 0 para restaurar o nível de zoom para o padrão.

Mostrando o bloco de notas com zoom no próximo (novo zoom na parte inferior direita diz 150%).

Números de linha com quebra de linha: uma solicitação antiga e extraordinária foi adicionar a capacidade de exibir números de linha e coluna quando a quebra de linha está ativada. Isso agora é possível no Bloco de Notas e eles tornaram a barra de status visível por padrão. Você ainda pode desativar a barra de status no menu Exibir.

Mostrando o bloco de notas com quebra automática de palavras e contagem de linha.

Outras melhorias:

  • Melhorias no desempenho ao abrir arquivos grandes no Bloco de Notas.
  • O bloco de notas agora suporta Ctrl + Backspace para excluir a palavra anterior.
  • As teclas de seta agora desmarcam o texto primeiro e depois movem o cursor.
  • Ao salvar um arquivo no Bloco de Notas, o número da linha e da coluna não é mais redefinido para 1.
  • O bloco de notas agora exibe corretamente linhas que não se encaixam inteiramente na tela.

Área de Trabalho Remota com Biometria

Os usuários do Azure Active Directory e do Active Directory que usam o Windows Hello for Business podem usar a biometria para se autenticar em uma sessão de área de trabalho remota.

Nota: Esse recurso não funciona com o PIN de conveniência.

Janela Remote Desktop Connection, prestes a se conectar a um PC.

Para começar, abra a Conexão de Área de Trabalho Remota (mstsc.exe), digite o nome do computador ao qual você deseja se conectar e clique em Conectar .

Como você assinou usando o Windows Hello for Business, o Windows lembra como você entrou e seleciona automaticamente o Windows Hello for Business para autenticar sua sessão RDP, mas você pode clicar em Mais opções para escolher credenciais alternativas.

Agora há a experiência de autenticação do Windows Hello que aparece em cima da Conexão de Área de Trabalho Remota.  Diz “Olá, Mike!  Selecione OK para continuar ”.

Neste exemplo, o Windows usa o reconhecimento facial para autenticar a sessão RDP no servidor Hyper-V do Windows Server 2016. Você pode continuar usando o Windows Hello for Business na sessão remota, mas deve usar seu PIN.

Neste exemplo, o Windows usa o reconhecimento facial para autenticar a sessão RDP no servidor Hyper-V do Windows Server 2016.

Web entrar no Windows 10

Até agora, o logon do Windows suportava apenas o uso de identidades federadas para o ADFS ou outros provedores que suportam o protocolo WS-Fed. Com essa compilação, eles estão introduzindo o “Web Sign-in”, que é uma nova maneira de entrar no seu PC com Windows 10. O Web Sign-in permite o suporte de logon do Windows para provedores federados não-ADFS (por exemplo, SAML).

Web-signin para o Windows 10 em ação!

Para experimentar o login pela Web:

  1. Azure AD Entre no seu computador com o Windows 10. ( Observação: o logon na Web é aceito apenas em computadores associados ao Azure AD).

Apontando a nova opção de Login na Web na tela de login, ao lado das opções de senha e pin.

2. Defina a seguinte política para ativar o login pela Web (Policy CSP / Authentication / EnableWebSignIn)

3. Na tela de bloqueio, selecione Login na Web em Opções de entrada.

4. Clique no botão “Entrar” para continuar.

Login mais rápido em um PC compartilhado com o Windows 10

Você tem PCs compartilhados implantados no seu local de trabalho? Você deseja fazer com que fazer login em um PC com sua conta seja mais rápido? Começando com essa versão, eles estão introduzindo o “Login Rápido”, que permite que os usuários façam login em um PC Windows 10 compartilhado num piscar de olhos.

Tela de login, em "Outro usuário".  Endereço de e-mail digitado para nome de usuário, senha digitada (mascarada).

Para ativar o login rápido:

  1. Configue um PC compartilhado ou convidado com o Windows 10
  2. Defina a seguinte política para ativar o Login Rápido (Policy CSP / Authentication / EnableFastFirstSignIn)
  3. Com a política ativada, faça login em um PC compartilhado com sua conta e observe a diferença!

Melhorias na proteção de aplicativos do Windows Defender

O Windows Defender Application Guard introduziu uma nova interface de usuário dentro do Windows Security nesta versão. Os usuários autônomos agora podem instalar e configurar suas configurações do Windows Defender Application Guard no Windows Security sem precisar alterar as configurações da chave do Registro. Além disso, os usuários gerenciados por políticas corporativas poderão verificar suas configurações para ver o que os administradores configuraram em suas máquinas para entender melhor o comportamento do Windows Defender Application Guard. Essa nova interface do usuário tem como objetivo melhorar a experiência geral dos usuários para gerenciar e verificar suas configurações do Windows Defender Application Guard. Desde que os dispositivos atendam aos requisitos mínimos, essas configurações aparecerão no Windows Security. Para informações detalhadas, clique aqui.

Para verificar isso, vá para Segurança do Windows e selecione Controle de aplicativo e navegador.

Aplicativo de segurança do Windows, categoria “App & Browser control” destacada.

Selecione Instalar o Windows Defender Application Guard em Navegação isolada, instale e reinicie o dispositivo (somente para usuários independentes).

Aplicativo de segurança do Windows, agora na categoria de controle App & Browser, seção Isolada de navegação destacada.

Selecione Alterar configurações do Application Guard.

Mesmo lugar da imagem anterior, agora abaixo A navegação isolada no link “Alterar configurações do Application Guard” é destacada.

Configure ou verifique as configurações do Application Guard.

Página de configurações do Application Guard (que você acessou clicando no link da imagem anterior).

Atualizações para o Windows Ink

A Atualização de abril de 2018 trouxe para o Windows o Painel de Manuscritos e agora, depois de algum tempo para refinar a experiência com base em seus comentários, no RS5, a escrita incorporada será a experiência padrão para entrada de texto com caneta em aplicativos modernos (UWP). Basta tocar em uma área de texto, como uma caixa de pesquisa, e ela será expandida para fornecer uma área confortável para você escrever.

Você pode até editar o que você escreveu com gestos simples e intuitivos.

Em locais onde a escrita embutida não suporta o seu idioma ou não é suportada pelo aplicativo (por exemplo, aplicativos herdados do Win32), você ainda pode chamar o painel de manuscrito flutuante. 

Além de todas essas novidades tem ainda as correções, melhorias e problemas já conhecidos dessa compilação que você pode conferir aqui, mas, um detalhe ainda masi importante é que a Microsoft está resetando o modo Skip Ahead do programa Windowss Insider.

Na prática, a partir dessa compilação, todo usuário que estiver cadastrado no programa no anel Skip Ahead será automaticamente realocado para o Anel Fast. Nas próximas semanas novas compilações Skip Ahead serão liberadas e os interessados poderão se candidatar outra vez.

Isso está sendo feito agora porque eles estão reconfigurando as bases do Fast Ring da Redstone 5 e da próxima grande atualização prevista para 2019, tanto que novas compilações da Redstone 5 serão chamadas de RS5_RELEASE, enquanto que as novas builds da Redstone 6, ou seja o que for, serão identificadas assim: RS_PRERELEASE branch. Portanto, fique atento a esse detalhe.

Fonte: Microsoft 

Compartilhe