Dispositivos

Câmera de 40MP do Huawei P20 Pro foi desenvolvida por membros da equipe que criou a do Lumia 1020

Atualmente o Samsung Galaxy S9 e o Huawei P20 Pro disputam pelo título de smartphone com a melhor câmera do mercado. A briga é das boas, mas a Huawei chegou com tudo trazendo um conjunto ótico triplo, com destaque para uma das lentes que pode capturar imagens com uma resolução de até 40 MP. Essa resolução te lembra alguma coisa? Sim! o Lumia 1020, de 2013, que rodava o Windows Phone 8. Ele vinha com uma câmera de 41 MP de resolução, mas contava com um único sensor.

As diferenças entre os modelos parecem ser grandes, é claro. O modelo da Nokia vinha com Windows Phone 8.X, tinha uma lente Zeiss com tecnologia PureView, tinha um sistema de zoom diferenciado e ocupava uma parte considerável da traseira do aparelho.

Parte de traz do Lumia 1020

Já o Huawei P20 Pro tem um conjunto composto por três lentes da Leica, marca de lentes tão renomada quanto a Zeiss. Na verdade o modelo não chega a ter 3 lentes, mas sim, um conjunto de câmeras duplas (40 MP + 8 MP) aliado a um sensor de 20 MP. A abertura das lentes variam de f/1.6 e f/2.4 e o aparelho oferece um Zoom de até 5X.

Mas enfim, já deu para ver que eles tem algumas diferenças, porém, por dentro, no papel mesmo do projeto, as coisas podem ser bem semelhantes do que imaginamos… isso porque boa parte da equipe por trás da câmera do P20 Pro eram da Nokia. Buscando no LinkedIn é fácil comprovar que parte da equipe de pesquisa e desenvolvimento da Huawei veio da Nokia, justamente da área especializada em ótica e mobile da época do lançamento do pré-lançamento do Lumia 1020.

Mikko Terho é um bom exemplo disso

Isso só mostra como nem tudo de bom que é lançado é apenas esquecido. Muito do que tecnologias revolucionárias trazem deixam um legado que perdura por muito anos após seu “desaparecimento”. Outro bom exemplo disso é o Kinect, o sensor de movimentos do Xbox. Sua tecnologia está sendo aproveitada em diversos outros campos que não o entretenimento.

Fonte: Huawei, LinkedIn e tudocelular

Alexandre Lima
Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!