AplicativosNotícias

CEO do Spotify espera que a Apple ‘se abra’ no futuro

CEO do Spotify espera que a Apple 'se abra' no futuro
179views

Daniel Ek conversou com a Bloomberg sobre o relacionamento de sua empresa com a Apple

O CEO do Spotify, Daniel Ek, disse esperar que a rival de longa data, Apple, “abra” mais o iOS e suas plataformas no futuro. Isso se dá como resultado de disputas com desenvolvedores e crescente preocupação de antitruste por parte dos reguladores, de acordo com uma entrevista à Ek publicada na terça-feira pela Bloomberg.

O Spotify entrou com uma reclamação regulatória na União Europeia no ano passado, pedindo um corte obrigatório de 30% da App Store. Isso porque era essencial cortar o “imposto” que sufoca a inovação e beneficia injustamente a Apple contra seus concorrentes. O Spotify também citou o controle da Apple sobre os recursos no nível do sistema, como a assistente de voz Siri, que na época não funcionava com o Spotify, mas naturalmente se integrava ao Apple Music. A denúncia resultou em uma investigação antitruste da UE em andamento.

Embora as duas empresas tenham brigado publicamente rotineiramente antes e depois da denúncia da UE, a Apple, em alguns casos, cedeu em sua aproximação. Ela trabalhou com o Spotify para ativar o suporte da Siri para o iPhone e o Apple Watch. E o Spotify também lançou um aplicativo para a Apple TV pela primeira vez.

Novas parcerias entre Spotify e Apple?

“A longo prazo, esperamos que a Apple se abra”, disse Ek à Bloomberg em entrevista na televisão. “Estamos muito animados para podermos finalmente usar a Siri como forma de criar suporte de voz e também estar disponível para criar produtos para a Apple TV e Apple Watch, algo que não conseguíamos fazer até recentemente”.

A Apple poderá em breve permitir que rivais, incluindo o Spotify, funcionem nativamente em seu alto-falante inteligente HomePod, de acordo com a Bloomberg. No mês passado, a existência de um novo programa da Apple para provedores de vídeo de terceiros também veio à tona, indicando que a Apple agora está fazendo acordos com empresas como a Amazon para permitir que elas ignorem o corte de 30% da App Store para certos itens digitais como programas de TV e aluguel de filmes.

No entanto, Ek foi rápido em fornecer uma ressalva, dizendo em sua entrevista que, embora “esteja se movendo na direção certa”, ele acha que “ainda temos muitos, muitos passos pela frente” para o ecossistema da Apple ser considerado uma plataforma justa.

Fonte: Theverge

Qual a sua opinião sobre novas parcerias entre a Spotify e a Apple? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar na imagem azul que está abaixo!