China pede a Microsoft código-fonte do Windows 10

0

Isso mesmo… o governo chinês fez um pedido inusitado a Microsoft, mas há uma explicação para tal.

O governo chinês pediu que a Microsoft compartilhasse com eles o código fonte do Windows 10 com o intuito de garantir que o sistema operacional de Redmond não é um software espião capaz de “roubar” dados secretos do governo. Sendo assim, todo o código-fonte do Windows 10 precisaria ser inspecionado antes de ser liberado para clientes comuns e empresas chinesas.

Na verdade a questão vai muito mais além do relacionamento entre a China e a Microsoft. Um recente Decreto daquele país prevê que qualquer empresa de tecnologia que deseja atuar no país precisará fornecer o código-fonte dos seus softwares para que o mesmo seja inspecionado por funcionários do governo.

Eis a resposta da Microsoft ao inusitado pedido:

“Acreditamos que permitir que eles visitem nosso centro de transparência em Beijing para ver o código fonte do nosso produto deve ser o suficiente. Compartilhar o código fonte, tal como ele é, não serviria para verificar quais são os seus recursos de segurança e controle, isso só provaria que há um código-fonte…”

Obviamente a Microsoft não tem nenhum interesse no envio do código por dois motivos: o principal deles é a questão da segurança do seu sistema, pois, caso o código-fonte caísse em mãos erradas um grande ataque hacker ao Windows 10 poderia ser facilmente orquestrado; segundo porque estamos falando de um produto proprietário e não algo open source, e sabemos que segredos empresariais estão envolvidos nisso.

Como a Microsoft e outras empresas do ramo irão reagir ao decreto chinês, isso ainda não sabemos, só sabemos que isso não é bom.

Fonte: onewindows e onmsft

Share.

About Author

Funcionário Público Federal, formado em Licenciatura em Química, Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta do Windows Phone. Carpe Diem