Segunda-Feira, 25 de Junho de 2018
Chips de Inteligência Artificial devem vir para futuros dispositivos Windows 10

Durante o evento Windows Developer Day que aconteceu nesta quarta-feira (7), a Microsoft revelou a Windows AI Platform, que permitirá que os desenvolvedores criem aplicativos inteligentes no Windows 10. Um dos recursos destacados das APIs WinML (ML de Machine Learning ou Aprendizagem de Máquina) é o suporte para modelos pré-treinados de aprendizagem de máquinas. O Windows ML usará eficientemente o hardware para qualquer carga de trabalho de inteligência artificial (AI) e distribuirá inteligentemente o trabalho em vários tipos de hardware, incluindo CPU, GPU e unidades de processamento de visão (VPU) da Intel.

O Intel VPU é um chip proposto para acelerar cargas de trabalho de Inteligência Artificial (AI) em dispositivos de cliente. O Myriad X é o primeiro envio de sistema para chip (SOC) do mundo com um mecanismo de Computação Neural dedicado para acelerar inferências de aprendizado profundo na borda (a computação de borda ou como gosta de chamar a Microsoft: Intelligent Edge). O Neural Compute Engine é um bloco de hardware on-chip projetado especificamente para executar redes neurais profundas em alta velocidade e baixa potência sem comprometer a precisão, permitindo que os dispositivos vejam, compreendam e respondam aos seus ambientes em tempo real. A Microsoft trabalhou com a equipe da Intel para adicionar suporte para VPUs na plataforma Windows ML.

“A tecnologia Intel Movidius VPU oferecerá experiências de Inteligência Artificial (AI) cada vez mais sofisticadas para as centenas de milhões de usuários da Microsoft em todo o mundo”, disse Remi El-Ouazzane da Intel, vice-presidente da Intel e gerente geral da Intel Movidius. “Este é apenas o último exemplo de como a Intel está acelerando a promessa de levar a Inteligência Artificial do data center aos dispositivos de ponta através da nossa tecnologia de processador de visão de alto desempenho e de baixo consumo”.

“Estamos entusiasmados em trabalhar em estreita colaboração com a Intel para permitir que os desenvolvedores de todo o mundo criem experiências atraentes e mágicas com a Inteligência Artificial usando o Windows ML e a VPU da Intel Movidius”, disse Kevin Gallo, vice-presidente corporativo da Plataforma de Desenvolvedores do Windows na Microsoft.

Snapdragon 845

Lembrando que a Qualcomm e o seu processador Snapdragon 845 é uma plataforma de inteligência artificial (IA) de terceira geração. Os aplicativos AI também podem ser executados diretamente no seu dispositivo, sem precisar acessar a nuvem. Inteligência Artificial pode ajudar a tirar melhores fotos e vídeos, permitindo que você adicione estilos e adesivos enquanto você está capturando a imagem em tempo real. AI melhora a realidade virtual, ajudando você a se mover mais naturalmente em um mundo VR. Segundo a Qualcomm, seu dispositivo pode até usar a AI para aprender seu discurso e padrão de voz – transformando seu dispositivo móvel em um assistente pessoal final.

Embora não tenhamos nenhum dispositivo Windows no mercado ainda com o chip VPU da Intel neste momento, a situação poderá em breve mudar com o lançamento da plataforma Windows AI nos próximos meses. A combinação do Windows ML e da Intel VPU permitirá assistentes pessoais, segurança biométrica aprimorada, música inteligente, busca e reconhecimento de fotos nos futuros PCs.

Fonte: MSPU

Compartilhe