Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Home Notícias

Chrome otimizado para rodar no ARM chegará em 2019

23/10/2018 894 0
Chrome otimizado para rodar no ARM chegará em 2019

Segundo informações do pessoal do Android Authority, em breve, veremos o Google Chrome otimizado para rodar nos chips ARM, mais especificamente nos processadores da série Snapdragon da Qualcomm, inclusive aqueles dedicados a PCs com Windows 10, como o Snapdragon 850 que equipa modelos como o Samsung Book 2.

Previsto para chegar no segundo semestre de 2019, o Chrome otimizado para o ARM deve colocar um fim da atual emulação realizada em máquinas com esse chip, que precisam fazê-la para poder “rodar” o browser do Google.

Mesmo sem ser enfática, a Microsoft tem pressionado as pessoas para que elas usem seu navegador, o Microsoft Edge, em laptops com o Windows 10 ARM equipados com o Snapdragon, já que as opções de terceiros, como o Google Chrome, sofrem com a desaceleração do novo hardware. Esses problemas de desempenho se devem principalmente ao fato de que os laptops Snapdragon 835 precisam essencialmente emular o navegador Chrome.

Sobre esse assunto, veja o que disse o diretor sênior de gerenciamento de produtos da Qualcomm, Miguel Nunes:

“Ainda estamos trabalhando com diferentes OEMs e designs. Espero que vocês o veja provavelmente no segundo semestre do ano que vem. Todo OEM decidirá qualquer que seja o cronograma de lançamento, mas estamos trabalhando ativamente nele.”

Abrir uma porta para que o Chrome funcione de forma nativa em chips ARM é abraçar a arquitetura de modo que as pessoas finalmente tenham a real oportunidade de escolher qual navegador lhe agrada mais, e não usar uma solução emulada.

Agora, como é sabido que praticamente todos os equipamentos que usam um chip ARM e que rodam o Windows usam a versão Windows 10 S do sistema, que só pode baixar aplicativo a partir da Microsoft Store, o Google pode ser forçado a lançar seu browser na loja de aplicativo da Microsoft, caso contrário, como os utilizadores poderiam baixa-lo e usa-lo? A não ser que eles o façam, porém, só quem poderá baixar o “novo” Chrome sejam aqueles que migrarem para o Windows 10 Pro, mas isso diminuiria consideravelmente o raio de alcance de tal versão do browser.

O fato é que o Google sabe que o mercado está mudando é que se eles não se cuidarem a concorrência pode abalar os alicerces do domínio do Chrome. Novos dispositivos baseados em chips ARM estão chegando ainda de forma tímida, porém, a expectativa é que esses equipamentos ganhem cada vez mais notoriedade.

A coreana Samsung já tem o seu híbrido com um chip ARM, o Galaxy Book 2

A Microsoft ainda não tem um Surface com chip ARM, mas a coreana Samsung, por exemplo, já embarcou na nova onda ao lançar o novo Galaxy Book 2, com um Snapdragon 850 e Windows 10. A HP, Lenovo e a Asus já lançaram os seus modelos e outras OEMs devem seguir o mesmo caminho. Especulamos que teremos sempre duas linhas… uma com um tradicionais x86 da Intel e outra com os modelos ARM da Qualcomm. A chegada de um Surface com um processador ARM é só questão de tempo. Muito provavelmente em 2019 ele será anunciado.

Compartilhe:

Comentários: