DestaqueNotícias

Com os dias contados: Suporte ao Microsoft Wallet termina em Fevereiro

Publicamos anteriormente que a Microsoft havia anunciado o término do suporte ao Windows Phone / Windows 10 Mobile (ARM32), o sistema operacional móvel da gigante de Redmond será descontinuado em 10 de dezembro deste ano.

Agora, temos mais uma notícia nem um pouco animadora para a comunidade de fãs do sistema móvel da Microsoft: A empresa anunciou a morte de seu serviço de pagamento por NFC, o Microsoft Wallet.

O fim do serviço está definido para o dia 28 de fevereiro. Tudo bem que ele só foi realmente disponibilizado nos EUA e para uma pequena parcela de dispositivos com Windows Phone, por isso, é bem improvável que muita gente note a mudança ou que sinta falta do mesmo.

Para quem não o conhecia, o Microsoft Wallet é uma carteira digital que oferecia o metodo tap-to-pay (toque para pagar) nos dispositivos móveis embarcados com Windows Phone, semelhante ao Apple Pay e ao Google Pay em iPhones e dispositivos Android respectivamente. O aplicativo também permite que os usuários carreguem seus cartões de fidelidade e de associação, permitindo que todos sejam armazenados em um só lugar.

Como a Microsoft continua matando o Windows 10 Mobile (ARM32) aos poucos, é provável que vejamos mais situações semelhantes aplicadas a mais serviços e aplicativos oficiais agregados a essa versão do Windows 10.

Vale lembrar que o suporte ao Windows 10 Mobile findará ainda este ano. Após essa data, os dispositivos não receberão mais atualizações de segurança e correções de bugs. Backups automáticos e manuais de aplicativos e configurações, juntamente com uploads automáticos de fotos, permanecerão disponíveis até 10 de março de 2020, mas não há garantia que funcionem perfeitamente após essa data. Veja mais detalhes sobre o fim do suporte ao W10M aqui.

Por hora, a Microsoft recomenda que os usuários do Windows 10 Mobile migrem para um dispositivo iOS ou Android, onde ela continua a suportar seus serviços e aplicativos.

Diego Mendes
Paulista, 32 anos, libriano, apaixonado por tecnologia e pelo ecosistema Windows. Fã da Nokia e dono de um Xiaomi Mi 9 SE.