Domingo, 19 de Agosto de 2018
Home Dicas

Como deixar o Youtube mais rápido no Microsoft Edge?

31/07/2018 486 0
Como deixar o Youtube mais rápido no Microsoft Edge?

Depois de descobrirmos que o Google anda sabotando navegadores concorrentes do Chrome na hora deles acessarem o Youtube, alguns colegas da área descobriram uma forma de “burlar” as restrições adicionados pelo Google para fazer com que o Youtube funcione melhor apenas no Chrome.

Alguns podem pensar que estamos criando uma Fake News (notícias falsa), mas vale lembrar que a informação partiu de uma fonte muito confiável, que é ninguém menos que o Cris Peterson, gerente técnico de Programa da Mozila (veja aqui), então, é algo bem verdadeiro. Peterson apontou que a sabotagem acontece quando a Google utiliza um Polymer (biblioteca de JavaScript) redesenhado que só funciona de forma otimizada no Google Chrome. O resultado é que o Youtube funciona até 5X mais rápido no Chrome do que nos demais browsers disponíveis no mercado.

Engraçado que não é a primeira vez que o Google usa de tais práticas para minar o crescimento de plataformas concorrentes, como por exemplo, no passado, eles chegaram a bloquear o acesso ao Youtube para os usuários do Windows Phone, já bloquearam o acesso ao Meet, o Allo, o YouTube TV, o Google Earth e o YouTube Studio Beta no Microsoft Edge e no Mozila FireFox no ano passado, e assim por diante.

A comparação acima mostra claramente como o Youtube carrega muito mais rapidamente no Chrome (a direita do seu vídeo) do que no Microsoft Edge (a esquerda do seu vídeo).

Além disso, ao usar a maior rede de vídeos do mundo em um browser que não seja o Chrome, haverá sempre um incentivo para os usuários fazerem o download e instalar o Chrome com várias notificações de pop-up, e, se você fizer isso, perceberá que o YouTube será carregado instantaneamente.

O Google até poderia atualizar o YouTube para usar o Polymer 2.0 ou 3.0 que suportam a API obsoleta, mas a empresa decidiu usar o Polymer 1.0 que foi originalmente lançado em 2015. É uma decisão estranha, especialmente quando você considera que o Polymer é um produto aberto. -source biblioteca JavaScript que é desenvolvida por engenheiros do Google Chrome. Mas, o motivo parece estar bem claro, não é?

Bem, ainda bem que tem formas de passar por cima disso e fazer com que o Youtube carregue mais rapidamente no Microsoft Edge realizando o seguinte procedimento:

  1. Baixe a extensão Tampermonkey para o Microsoft Edge diretamente da Microsoft Store;
  2. Ative o Tampermonkey em configurações > Extensões do Edge
  3. Faça o download deste script de usuário para forçar o YouTube ao modo clássico

Existem outras formas de forçar essa abertura no modo clássico, mas deixaremos essa que é a mais simples de todas e que qualquer um pode reproduzir.

Compartilhe:

Comentários: