Notice: Trying to get property of non-object in /srv/users/windowsteam/public/wp-content/plugins/wordpress-seo/frontend/schema/class-schema-person.php on line 118

Notice: Trying to get property of non-object in /srv/users/windowsteam/public/wp-content/plugins/wordpress-seo/frontend/schema/class-schema-person.php on line 144

Notice: Trying to get property of non-object in /srv/users/windowsteam/public/wp-content/plugins/wordpress-seo/frontend/schema/class-schema-person.php on line 151

Notice: Trying to get property of non-object in /srv/users/windowsteam/public/wp-content/plugins/wordpress-seo/frontend/schema/class-schema-person.php on line 152
Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019
Home Notícias

Como se proteger das falhas Meltdown e Spectre

04/01/2018 533 0
Como se proteger das falhas Meltdown e Spectre

Praticamente todos os processadores modernos utilizados nos últimos 20 anos estão vulneráveis. Esta lista pode sofrer atualizações a qualquer momento, assim que mais correções estiverem disponíveis.

Na quarta-feira, pesquisadores revelaram falhas graves em processadores modernos que poderiam afetar praticamente todos os computadores Intel lançado nas últimas duas décadas além de chips da AMD e ARM em seus laptops, tablets e telefones, também.

A boa notícia (talvez?): a Intel, AMD e ARM acreditam que podem corrigir, ou pelo menos atenuar, as falhas que são chamadas de Meltdown e Spectre com patches (correções) de software. (AMD diz que algumas das falhas não afetam seus processadores em tudo).

Mas, é claro, você precisará saber como aplicar os patches você mesmo!

Então aqui é tudo o que nós sabemos a partir de 3 de Janeiro, sobre como se proteger.

PCs com Windows

A Microsoft lançou uma atualização de segurança de emergência nesta quarta-feira (3) para ajudar a atenuar o problema. Todo as máquinas com Windows 10 serão atualizadas automaticamente. Usuários do Windows 7 e 8 terão que esperar até a próxima terça-feira.

Geralmente, o Windows 10 irá baixar automaticamente as atualizações de segurança necessárias e o processo é bem simples.

Telefones Android

Segundo o Google, uma nova atualização de segurança, será disponibilizada apenas no dia 5 de janeiro e incluirá “reduções” para ajudar a proteger o seu telefone, e as futuras atualizações incluirá mais tais correções.

Se você tem um telefone com a marca Google, como um Nexus 5 X ou Nexus 6 P, não há muito o que fazer, em algum momento seu telefone automaticamente deverá baixar a atualização, e você simplesmente precisará fazer a instalação. Modelos como o Pixel e Pixel 2 (e suas variantes XL) também não deverão ter problemas.

Teoricamente, o mesmo vale para outros telefones Android, mas, muitos fabricantes e operadoras de telefonia móvel podem segurar um pouco mais o patch e devido ao histórico da falta de atualizações do Android, provavelmente muitos smartphones  podem nunca receber essa atualização, o que é um grave problema.

Navegador Google Chrome

Em 23 de Janeiro, uma nova versão do Google Chrome deve também incluir atenuações para proteger seu desktop e o telefone de ataques baseados na web. Mas, se você não quiser esperar, o Google diz que uma característica experimental chamada Site Isolation que pode ajudar agora mesmo.

Em vez de agrupar diferentes sites, você pode navegar juntos em um único processo, que pode ajuda a salvar a memória do seu computador, entre outras coisas. O Site Isolation parece fazer com que cada site use sua própria instância individual do navegador Chrome. Dessa forma, é mais difícil para um site malicioso acessar dados de outros sites que você estiver navegando (usando esses novos exploits de CPU) e potencialmente fazer coisas ruins.

Para ativar o isolamento de Site em Windows, Mac, Linux, Chrome OS ou Android:

  • Digitar ou copiar e colechrome://flags/#enable-site-per-process no campo URL na parte superior do seu navegador Chrome, em seguida, pressione a tecla Enter.
  • Procure Strict Site Isolation, em seguida, toque ou clique na caixa rotulada Enable.
  • Toque em Relaunch Now.

Para a versão do Chrome no iOS (iPhone, iPad), a Google diz que Apple vai entregar todas as correções necessárias.

Google Chromebooks e outros produtos do Google você pode clicar aqui e verificar as correções disponíveis.

Macs, iPhones e iPads

A Apple ainda está trabalhando em uma correção para os seus usuários.

Fonte: CNet

Compartilhe:

Comentários: