Confira tudo o que sabemos até agora sobre o Microsoft Andromeda e o suposto dispositivo com tela dobrável

0

Nossos amigos do Windows Central fizeram um apanhado bem interessante sobre tudo o que sabemos até agora sobre o Microsoft Andromeda e o suposto dispositivo com tela dobrável da Microsoft. Vamos por parte, tentar entender o que cada rumor parece revelar nessa tradução adaptada que fizemos da postagem deles.

O que é o Andromeda?

O projeto Andromeda da Microsoft é um esforço de software e hardware. Do lado do software, a Microsoft está criando uma “nova versão” do Windows 10, uma nova build, uma nova compilação, que será projetada para levar o sistema operacional a uma nova categoria de dispositivos móveis. Esta versão do Windows 10 é justamente chamada pelo codinome de sistema operacional Andromeda, e faz parte do esforço do sistema operacional One Core da Microsoft internamente. Do lado do hardware, a Microsoft parece estar construindo seu próprio dispositivo baseado no Andromeda.

Espera-se esse esforço seja a “reentrada” da Microsoft no mercado mobile, no entanto, rumores sugerem que a Microsoft não estará pensando em lançar um smartphone como os que vemos no mercado atualmente, ao invés disso, a Microsoft vai tentar desbravar um novo mercado de baixo volume para empresas, escolas, fãs e criadores de conteúdo. A Microsoft fez uma coisa semelhante com o Surface Studio e com o Surface Pro original, onde ela criou novas categorias de dispositivos para mercados que eram, no momento, de baixo volume ou inexistentes.

Andromeda: Hardware

De acordo com fontes da equipe de redação do Windows Central, o próprio dispositivo Andromeda da Microsoft é um tablet dobrável baseado em um chip com arquitetura ARM que possui dois indicadores unidos por um mecanismo de dobradiça no centro do dispositivo. Ele seria o que estamos chamando até hoje de Surface Phone. Seu método de entrada principal é o toque, mas ele terá suporte para canetas digitais que funcionarão via Windows Ink. O dispositivo deverá se assemelhar ao de um jornal de bolso, com uma forma dobrável, permitindo que ele seja aberto e fechado como um caderno real e se encaixe em um bolso.

O aparelho possui recursos de telefonia, o que significa que você poderá fazer chamadas e enviar textos usando o dispositivo. Fontes dizem que o dispositivo será equipado com um Snapdragon 845 e provavelmente virá nas configurações usuais de 64GB ou 128GB de armazenamento. Como este dispositivo deverá ser alimentado por um processador baseado em ARM, as fontes dizem que a bateria do dispositivo Andromeda deverá durar um dia inteiro antes de pedir socorro a tomada. Isso, juntamente com o fato de que este dispositivo estará executando o Windows Core OS, significa que a vida da bateria deve ser muito boa.

É provável que esse dispositivo acabe sendo lançado como parte integrando da linha Surface, que é a linha premium de dispositivos da Microsoft, projetada para mostrar o melhor do Windows 10.

Andromeda: software

Crédito da foto: Engadget

O sistema operacional Andromeda é a primeira iteração do Windows 10 que será lançada no Windows OS Core da Microsoft. Ele apresentará o CShell, a próxima UI adaptável da Microsoft, que permitirá que o shell se ajuste automaticamente dependendo da posição da dobradiça que o dispositivo está sendo usado.

Rumores também apontam para a informação de que tal versão poderia executar aplicativos win32 de forma nativa, tal como acontece com o Windows 10 Pro, por exemplo. A princípio ele se assemelharia mais com o Windows 10 S, que só roda aplicações e jogos da Microsoft Store, porém, uma opção diferenciada poderia chegar ao mercado posteriormente.

Com uma integração completa com o OneNote e o Windows Ink, a Microsoft também estaria olhando para implementar a mesma tecnologia colaborativa encontrada no aplicativo Microsoft Whiteboard, permitindo que várias pessoas trabalhem juntas em um mesmo arquivo ao mesmo. O dispositivo também apresentará multitarefa que permite ao usuário encaixar aplicativos lado a lado, como você esperaria poder fazer em um dispositivo de tela dupla.

A Microsoft também está trabalhando em um modo Continuum para o Andromeda que proporcionará uma experiência de desktop familiar quando estendida a uma tela grande ou conectada a um dock. Desenvolvido por CShell, este Continuum permitirá que as aplicações sejam executadas em um modo de janela, juntamente com outros aprimoramentos que fazem sentido em um ambiente de desktop. Dê uma olhada aqui num preview do que o CShell vai oferecer em um vídeo exclusivo. 

Andromeda: Preço e data de lançamento

Nenhum rumor ou informação veio à tona sobre os preços neste momento. Nós sabemos que a Andromeda será um dispositivo premium, o que significa que não espere que ele seja barato. Em um mundo onde até mesmo smartphones podem custar mais de US $ 1.000, como o iPhone X, ninguém ficaria surpreso se esse aparelho custasse isso ou até mais.

Fontes sugerem que a Microsoft espera lançar a Andromeda em algum momento deste ano. Pode ser antes do verão (final de junho), ou no final do outono (final de setembro), dependendo se a Microsoft estará com o software pronto a tempo. Só o tempo nos dirá, mas, é claro que a Microsoft também pode cancelar ou alterar seus planos a qualquer momento.

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!