Conheça o Lumia cancelado que quase não tinha bordas

0

Muito antes dessa moda de telefones quase sem bordas, como o Samsung Galaxy S8, Xiaomi Mi Mix 2, Apple iPhone 8X, entre outros, algumas empresa já estavam trabalhando em telefones com bordas mínimas, inclusive uma dessas empresas era a Microsoft. Ela tinha um projeto de um Lumia de baixo custo que teria uma tela desse tipo.

O smartphone do qual estamos falando era chamado de Lumia 435, mas espera um pouco… o Lumia 435 já existe e foi vendido no Brasil inclusive. Sim! isso é verdade, mas o protótipo do telefone quase sem bordas com Windows Phone era algo que veio a se transformar no Lumia 435 que foi para o mercado. A ideia da tela sem bordas foi cancelada.

No começo, o Lumia 435 seria um aparelho low-end muito diferente. Em vez de ser um smartphone simples, chato e esquecível, a Microsoft estava planejando fazer do Lumia 435 o primeiro telefone Windows ‘All Screen’ (toda a tela), e ele custaria menos de U$ 200. Esta ideia para o Lumia 435 foi cancelada no final de 2014 e foi substituída pelo que acabou sendo lançado sem a novidade e ainda teve um variante semelhante chamada de Lumia 532. No entanto, a Microsoft fez vários protótipos e o pessoal do Windows Central teve acesso ao “verdadeiro” Lumia 435.

Vejam que o telefone tinha bordas mínimas na parte lateral e superior. Para algo que chegaria ao mercado em 2014, realmente seria bem inovador e diferente.

Por dentro ele viria com um Qualcomm Snapdragon 200, 1GB de memória RAM, 4GB de armazenamento interno (expansível até 200GB), câmeras de 5MP na traseira e outra frontal que poderia gravar vídeos a 720p e uma bateria de 1800mAh. Seu maior destaque, que é sua tela, teria resolução de 1280 x 720 pixels e o telefone como um todo teria as seguintes medidas: 126,72 mm x 67,78 mm x 9,25 mm.

Olhando a imagem acima é possível perceber que o projeto Lumia ‘all screen’ na verdade não entregaria um telefone com uma tela completa e sem nenhuma borda, pois, a parte inferior do aparelho tem uma borda preta grande, que é onde foram alocados os sensores e a câmera frontal. Quem usou essa mesma roupagem foi a Xiaomi no Mi Mix.

Segundo o Windows Central, que pôde testar o aparelho, o design dessa versão do Lumia 435 era de muito bom gosto, ao mesmo tempo ele era minimalista e moderno. Além disso, o display do aparelho se mostrou ser muito agradável, com um bom brilho e resolução. Além disso, os testes feitos por eles mostraram que a câmera do aparelho, mesmo sendo limitada, conseguia bons shots. Veja um exemplo a seguir:

De fato, o aparelho é muito bonito e pelo jeito entregaria uma boa experiência ao usuário final, já que ele seria lançado em 2014 e pelo seu hardware seria possível fazer o upgrade para o Windows 10 Mobile lançado em 2015, mas, a Microsoft resolveu modificar o projeto e entregou um telefone mais simples e mais “sem sal” do que esse Lumia 435 do qual estamos falando. Uma pena…

Fonte/Imagens: Windows Central

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!