Dispositivos

Cosmo Communicator quer ser um celular/PC que lembra o Nokia N97

Você lembra do Nokia N97? Sucessor dos poderosos Nokia N95 e N96? Ele ficou famoso pelo engenhoso trabalho feito com a junção de um teclado qwerty completo e uma tela grande para uso do sistema operacional. De fato, era um smartphone inovador para a época e oferecia toda a comodidade de um teclado completo sem perder uma polegada da tela sensível ao toque.

Nokia
Nokia N97 – ele rodava o Symbian, sistema operacional proprietário da Nokia

Agora, uma empresa ressuscitou o conceito do N97 e anunciou um smartphone que se apresenta quase como um PC, porém, é bom deixar bem claro que a empresa não o vende como tal, apenas mostra que a ideia por trás do Cosmo Communicator é produtividade.

Seu hardware é composto por;

  • Teclado físico completo e totalmente retroiluminado acoplado a um display de 5,99 polegadas com proteção Gorilla Glass e resolução Full HD
  • Processador Mediatek P70 Octa-Core
  • Uma tela secundária também sensível ao toque de 2 polegadas
  • Roda o Android 9 (Pie)
  • Câmera principal de de 24 MP
  • Sensor de impressão digital
  • 6 GB de memória RAM
  • 128 GB de memória interna expansíveis via micro-SD
  • Capacidade NFC
  • Bateria de 4220 mAh
  • Conectividade Wi-Fi e 4G/LTE

Começando pelo teclado completo, temos algo muito interessante que pode atrair um público focado em produtividade, tendo em vista que um teclado físico oferece mais comodidade e velocidade na digitação, assim como permite ao usuário usar o espaço antes ocupado pelo teclado virtual na tela do aparelho para outras funcionalidades. As teclas lembram e muito teclas de Notebooks comuns.

smartphone
Sua tela secundária de 2 polegadas servirá principalmente para fornecer notificações diversas. Será possível interagir com elas inclusive, mas só de forma bem básica.

Não tem nada de especial na tela principal de 5,99 polegadas, exceto pelo fato dela ficar escondidinha debaixo da segunda parte do aparelho, já que estamos falando de um dispositivo que se dobra ao meio. É nesse ponto onde ele deixa de lembrar o Nokia N97, pois, o teclado qwerty do Nokia deslizava de debaixo da tela deixando o display principal sempre a mostra.

Fechado o aparelho é grosso e meio desajeitado, porém, quando aberto, parece oferecer uma boa pegada para sua proposta, servindo com um pequeno “laptop” de bolso. O vídeo abaixo dos nossos amigos do MSPoweruser é bem esclarecedor.

Rodando o Android 9 do Google, ele se dá bem quando o assunto é versatilidade, dada a quantidade mais do que suficiente de aplicativos disponíveis na Play Store, incluindo o Office da Microsoft. Só não dá para afirmar que qualquer um deles fornecerá um bom suporte ao teclado físico…

Será que caberia bem um aparelho desses rodando o Windows 10? Você compraria? Ou só se o sistema fosse completamente otimizado para uma tela tão pequena? Quem aqui ainda desejaria ter um dispositivo de bolso com teclado físico?

Interessados no Cosmo Communicator podem adquirir uma unidade por U$ 569 por meio do Indiegogo. Clique aqui para fazer isso. 

Alexandre Lima
Microsoft MVP Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!