Segunda-Feira, 25 de Marco de 2019
Home Dicas

Dicas que de fato deixam seu computador com Windows mais rápido

29/07/2018 2309 0
Dicas que de fato deixam seu computador com Windows mais rápido

Sabemos que existem tutoriais na internet para deixar seu computador com Windows 10 mais rápidos e que prometem praticamente um milagre, como por exemplo, fazer com que uma máquina com um Intel Core i3 de 2ª geração rode igual a um com um Intel de 7ª geração. Ou ainda mais… prometem fazer com que uma máquina com apenas 1 GB de RAM rode a versão mais atual do Windows 10 com uma fluidez exemplar. Amigos e amigas… isso não existe. Hardware antigo pode e deve ser otimizado, porém, não espere milagres de qualquer dica de otimização, mas sim, alguma melhora na performance e estabilidade.

O mesmo conceito pode ser aplicado a máquinas mais modernas. Só porque você tem uma máquina mais nova não necessariamente ele vai rodar o sistema operacional “voando”. As vezes, por um motivo ou outro, o desempenho é penalizado, então, foi pensando nisso que sintetizamos algumas dicas que de fato podem ajudar seu computador com Windows 10 a ficar mais rápido.

São dicas simples que por vezes usam recursos do próprio Windows, mas que podem fazer a diferença na hora de melhorar sua produtividade.

Ajustes na aparência do Windows

Teste confirmam que fazer alguns ajustes na aparência do Windows deixarão o sistema mais “leve”, consequentemente, mais rápido. É como se fosse retirasse acessórios desnecessários de um avião deixando-o mais leve, o que levará a uma melhor performance. Alguns tem efeito menores, mas outros causam grande impacto.

Removendo animações e transparências do Windows

  1. Clique no ícone da Central de Ações do Windows 10, localizado no canto direito da tela, na barra de tarefas. Depois entre em “Todas as Configurações”; ou busque por “Facilidade de acesso na barra de busca do Menu Iniciar”;
  2. Entre na opção “Facilidade de Acesso”;
  3. Na coluna à esquerda, clique sobre “Outras opções” ou, dependendo da versão do seu Windows, Clique na aba “Tela” e role para baixo até as opções de “Simplificar e personalizar o Windows”. Na parte à direita da tela, localize a opção “Mostrar/Reproduzir animações no Windows” e na caixa “Mostrar transparência do Windows” e deixe a chave na posição desativada.

Caso a mudança acima não desative todos os efeitos de transparência de uma só vez, siga o passo a passo abaixo:

  1. Na tela principal de configurações do Windows, entre em “Personalização”;
  2. Selecione o menu “Cores” na coluna da esquerda. À direita, ache a opção “Deixar o menu Iniciar, a Barra de Tarefas e a Central de Ações transparentes” e desative a chave;
  3. OBS: Se a mudança já tiver sido efetiva, as opções abaixo não aparecerão, mas sim, uma de que os efeitos de transparência estão desativados.

Desativação de efeitos de transparência no Windows 10 (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Desativando os efeitos sonoros do Windows

  1. Com o botão direito do mouse, clique sobre o ícone de alto-falante na barra de tarefas. Selecione a opção “Sons”;
  2. A configuração “Esquema de som” estará como “Padrão do Windows”. Toque na setinha ao lado e selecione “Nenhum Som”;
  3.  Note que os ícones de alto-falante presentes na caixa “Eventos de Programa” desapareceram. Pressione o botão “Aplicar” e, depois, o botão “OK”.

Removendo os efeitos visuais do Windows

  1. Digite “Ajustar a aparência e o desempenho do Windows” ou apenas “Performance” no campo de texto da barra de tarefas. Clique sobre essa ferramenta do Painel de Controle nos resultados da pesquisa;
  2. Mantenha-se na aba “Efeitos visuais” e selecione “Ajustar” para obter um melhor desempenho”. Depois clique nos botões “Aplicar” e “OK”, nessa ordem.

OBS: Note que também é possível personalizar esse campo, especialmente porque muita gente odeia como ficam as fontes ao deixar desmarcada a opção “Usar fontes de tela com cantos arredondados”, então, você clica em “Personalizar”, desmarca todos e escolhe os itens individualmente, como esse das fontes por exemplo, e clique em Aplicar > Ok.

Retirando programas desnecessários da Inicialização do Windows

  1.  Dê um “Ctrl + Alt + Del” e abra o Gerenciador de tarefas. Se for exibido em versão simplificada da ferramenta, clique em “Mais detalhes”;
  2. Clique na aba “Inicializar” e veja quais programas aparecem com status “Habilitado”. Selecione o programa que você NÃO quer que seja carregado na inicialização do Windows e pressione o botão “Desabilitar”;

OBS: Faça isso com todos os programas que, na sua opinião, não precisam iniciar junto com o Windows.

Desfragmentando Unidades de Disco no Windows

  1. Digite “desfragmentar” no campo de texto da barra de tarefas. Clique sobre essa ferramenta do Painel de Controle nos resultados da pesquisa.
  2. Escolha a Unidade que deseja otimizar e clique em “Analisar”;
  3. Aguarde o fim da análise e depois clique em “Otimizar”

OBS: Note que o ideal é programar para que o Windows faça esse procedimento constantemente e sozinho, então, faça o seguinte:

  1. Dentro da ferramenta de desfragmentação, clique em “alterar configurações”;
  2. Marcar a opção “Executar seguindo um agendamento” e escolha a frequência. Se você usa o PC todos os dias recomendamos uma frequência semanal, caso contrário, mensal.

Reinicie seu PC com mais frequência

Um dos problemas mais básicos em um computador com Windows é que o desempenho as vezes está sendo penalizado apenas porque a memória RAM está cheia. O fato de usar o computador por muito tempo termina deixando essa memória cheia e ela só é completamente esvaziada com a reinicialização da máquina. Fechar programas que não estão sendo usados também ajudará bastante, pois, muitos deles “rodam” em segundo plano e consomem RAM e processamento, o que também influencia na performance

Desinstalando programas que não são mais usados ou que quase não são usados

  1. Digite “programas” no campo de texto da barra de tarefas. Clique sobre “Adicionar ou remover programas” no do Painel de Controle nos resultados da pesquisa.
  2. Clique sobre o programa que deseja desinstalar que aparecerá a opção “Desinstalar”

Atualizando drivers

Drivers desatualizados podem prejudicar a performance do seu PC, então, siga o passo a passo a seguir para atualizar os drivers da sua máquina:

  1. Digite “Gerenciador de Dispositivos” na barra de tarefas e escolha este opção entre as que saírem no resultado da busca;
  2. Clique com o botão direito do mouse sobre o item que deseja verificar ou atualizar o driver e clique em “Atualizar”
  3. Feito isso, sempre escolha a opção de “Pesquisar automaticamente o software do drive atualizado”, mas para fazer isso será preciso estar conectado a internet para que a busca seja feita. Caso ele encontre um drive mais novo, instruções serão exibidas na tela, caso não, tal mensagem será exibida indicando que o drive mais atual recomendado já está instalado

Espero que essas dicas ajudem a melhorar a performance da sua máquina. E se souber de algo mais que possa ser feito por pessoas com pouco conhecimento e que não seja preciso instalar nenhum programa externo, por favor, compartilhe com todos nos comentários que atualizaremos este post.

Compartilhe:

Comentários: