Sábado, 18 de Agosto de 2018
Home Notícias

Dispositivo Andrômeda (Surface Phone) e Andrômeda OS aparecem no último SDK do Windows 10

23/05/2018 448 0
Dispositivo Andrômeda (Surface Phone) e Andrômeda OS aparecem no último SDK do Windows 10

Referências ao dispositivo Andrômeda (Surface Phone) e Andrômeda OS aparecem no último SDK do Windows 10, Build 17672 e sugerem que o mítico, o dispositivo definitivo, pode estar perto de entrar em produção e ser revelado ao mundo, quem sabe ainda em 2018.

Revelado por WalkingCat, nas capturas de tela abaixo é possível encontrar algumas referências. O Andrômeda OS é capaz de suportar as configurações ARM64 e X86 e o tipo de release é definido como “Produção”. Isso pode sugerir que uma versão do Andrômeda OS esteja saindo do forno, já que ele já pode ter atingido o estágio de produção.

O dispositivo Andrômeda é mencionado como um dispositivo com processador Qualcomm Snapdragon com configuração ARM64. O processador Snapdragon 835 (QC8998) da Qualcomm é mencionado na imagem, embora, já houveram anteriormente, outras referências ao modelo mais novo, o Snapdragon 845.

Acredita-se que o lançamento do dispositivo Andrômeda e Andrômeda OS estejam previsto para o segundo semestre de 2018 e essas referências no SDK do Windows 10, dão mais esperanças aos fãs que aguardam ansiosamente o lançamento do Surface Mobile/Phone.

Ao que parece, o Andrômeda OS suportará tanto ARM quanto x86, enquanto o dispositivo Andrômeda real (Surface Mobile/Phone) será um dispositivo ARM.

O SDK também faz referência ao WindowsCoreOS (um novo SO base para Windows) e ao Polaris, o shell de desktop que será executado em cima disso.

Referências a um compositor “Holográfico OS” ARM 64,  também estão presentes:

E outro compositor desconhecido, que pode ser um produto ou OS chamado “Stamford”:

Para quem não sabe ainda, com o Windows Core OS a Microsoft está fazendo o Windows 10 modular. Uma vez terminado, o Windows 10 possuirá a mesma aparência, mas, componentes como Win32 e suporte à telefonia para chamadas de celulares podem ser adicionadas ou removidas pelas OEMs. O Windows Core OS também irá pavimentar o caminho para uma verdadeira versão UWP do Windows 10 sem qualquer suporte nativo aos programas clássicos (Win32).

Com o Windows Core OS, o kernel, a camada de aplicativo e componentes de nível de sistema operacional agora são todos iguais. A única diferença será a shell ou a interface do usuário (UI). No modelo Windows Core OS, eles estão sendo chamados de “compositores” ou composers. Por exemplo, pode haver um compositor para tablets, um para desktops e outro para celulares.

Compositores é parte das Shell flexíveis que o Windows Core OS expressará. Há uma shell móvel (Andrômeda), desktop (Polaris), Surface Hub (Aruba) e Realidade Mista (Oásis).

Já o mítico Surface Mobile/Phone deverá, segundo as patentes e rumores, ser um dispositivo dobrável, codinome Andrômeda, o dispositivo da Microsoft seria baseado em um chip com arquitetura ARM que possui dois indicadores unidos por um mecanismo de dobradiça no centro do dispositivo. Seu método de entrada principal é o toque, mas, ele terá suporte para canetas digitais que funcionarão via Windows Ink. O dispositivo deverá se assemelhar ao de um jornal de bolso, com uma forma dobrável, permitindo que ele seja aberto e fechado como um caderno real e se encaixe em um bolso.

Enfim, tudo está caminhando para um novo dispositivo da Microsoft, ARM64, processador Snapdragon da Qualcomm e dentro do capô, Windows Core OS e que também, irá fazer ligações. Fique ligado e vamos aguardar mais novidades.

Fonte: Twitter

Compartilhe:

Comentários: