Edge se sai novamente bem em teste de benchmark frente a Chrome e Firefox

0

O Windows 10 pode até não ter uma vasta variedade de mecanismos de renderização, ou seja, ele tem de se aproveitar ao máximo dos quais possui, e isso ele sabe fazer muito bem. A Microsoft declarou “morte” ao Internet Explorer e “vida longa” ao Microsoft Edge, ora, não seria por menos, já que a casa de Redmond quis mostrar um browser realmente novo junto do seu tão amado Windows 10. Como não cansamos de dizer, o novo grande sistema operacional da Microsoft vem para transpor os limites e estar presente em PCs, smartphones, consoles, TVs, dispositivos IoT, entre outros.

microsofr edge project spartan

Podemos dizer que o Microsoft Edge ainda está construindo sua fama e seu legado, mas está fazendo jus a grande ambição de Satya Nadella. O navegador não está fazendo nada feio frente aos seus concorrentes e mostra que veio pra ficar e que não vai deixar barato e nem ficar pra traz. Isso é o que revela um novo teste de benchmark realizado recentemente.

No teste foram usados um Lumia 640 (com Windows 10 Mobile) e um Moto G 4G (com Android 5.1), ambos os aparelhos possuem o “mesmo” hardware, processador Snapdragon 400, Adreno 305 GPU e uma tela de 720pOs resultados foram bastante interessantes:

  • Octane: (Suíte de testes JavaScript desenvolvido pela Google)
    • Edge (Windows 10): 2522
    • Firefox 42 (Android 5.1): 2384
    • Chrome 46 (Android 5.1): 2284

Como podemos ver o Edge no Windows 10 Mobile foi o vencedor aqui, mas com uma margem estreita. Um pouco surpreendente é que o Firefox bateu o Chrome em sua própria casa, que é o Android.

  • Jet Stream: (Suíte de testes JavaScript desenvolvido pela Apple)
    • Firefox 42 (Android 5.1): 15,545
    • Chrome 46 (Android 5.1): 15,115
    • Edge(Windows 10): 14,919

Vemos que o Firefox sobe para a primeira colocação enquanto o Microsoft Edge amargou o último lugar. Mesmo assim a margem continua sendo estreita.

microsoft-logo-201344

A conclusão é que o Microsoft Edge pode realmente oferecer um desempenho de navegação bem semelhante ao que é visto no Google Chrome, que é bem mais maduro. O Google pode até ser um líder quanto se diz respeito a tecnologias web e de navegação, mas os números mostram que a Microsoft e a Mozilla não estão pra brincadeiras, e que vão lutar de igual para igual. 

Fonte: WM Power User

Share.

About Author

Coordenador de laboratório, bacharel em Química com especialização em Química tecnológica, cristão, gosto de aprender novas tarefas nas horas vagas, fissurado em tecnologia e entusiasta do Windows Phone.