[Editorial] Mata-se mais Windows Phone do que qualquer outra coisa na internet

0

A frase que mais li nesses últimos dias, e posso sim dizer, nesses últimos meses: “Windows Phone morreu”, é a famosinha na boca de muitos haters e/ou usuários de plataformas concorrentes  do Windows Mobile, mas essa frase não sai da boca do pessoal por alguns motivos que poderíamos pontuar, porém não é hora pra isso, então vamos falar um pouco mais desse “falecido” posteriormente.

Nós sabemos que quando algo novo surge o que é mais antigo passa a ter seus dias digamos, contados, mas isso já é padrão da vida no planeta, é como se tudo fosse substituível, e quando falamos no mundo da tecnologia isso acontece numa velocidade surpreendente, poderíamos usar o exemplo de redes sociais, ou quem nunca usou o  Orkut? E logo depois passou a usar o  Facebook? Devido à baixa taxa de usuários, o queridinho Orkut passou a perder receita e assim passou a não mais receber suporte, até que foi retirado do ar, basicamente quase todo mundo hoje tem Facebook mas no dia em que alguém criar e colocar no ar uma rede social que apresente recursos e mais atrativos, o Facebook começará a perder parte dos seus 2 bilhões de usuários e, se nada for feito, será sim mais uma rede social falecida que deu lugar a outra recém criada. Mas não estamos aqui para falar de redes sociais certo? Por que o assunto do momento (momentos que duram meses já) é a morte do Windows Phone/Mobile.

Conceito de tela de bloqueio do Windows 10 Mobile criado por mim em Maio de 2016

Pegando o mesmo pensamento acima citado de redes sociais, podemos encaixar em alguns aspectos relacionados à tecnologia, pois o Windows Phone veio como uma promessa de sistema rápido, prático e lindo, mas o que podemos ver em tempos passados e até hoje mesmo é que o Windows Mobile segundo muitos é um sistema chato, complicado de se manusear, lento e inútil pelo fato de não ter apps na loja, claro não é, 700.000 apps não é lá muita coisa, tudo bem. Vamos a algumas das justificativas para esses argumentos:

  • Chato: O Windows Phone é muito chato por que não tem aquelas animações bonitinhas na tela inicial, é uma coisa só deslizando de baixo pra cima (…)
  • Difícil de manusear: Ah! É difícil de manusear por que só tem figurinha (ícones) na tela, não tem os nomes dos apps e as vezes eles aparecem, daí isso é muito ruim pra mim sabe?
  • Lento: É tudo lento, Whatssapp, Facebook e tantos outros, daí nem tenho paciência!
  • Inútil: Fui procurar o app do YouTube e não achei João! Isso me deixou chateado sabe?

Então eu pergunto: “O que é quantidade de apps comparada a retrocompatibilidade do Windows? ”, digo isso por que sabemos que o windows 10 roda em vários tipos de dispositivos de maneira unificada.

Então como explicar essa mania de chacota com o Windows Phone? É simples, começamos usando o exemplo das redes sociais, poderíamos usar o mesmo exemplo como a evolução de uma geladeira digamos, as mais antigas congelam sim as coisas, porém consomem mais eletricidade e por aí vai, mas o Windows Phone 8.1 é a bola da vez, pois teve seu suporte encerrado, então quer dizer que meu smartphone com Windows Phone 8.1 vai para de funcionar? Não de forma imediata, mas o que vai acontecer é que se o suporte foi encerrado, as OEMs vão parar de dar suporte aos seus apps, e depois disso consequentemente, retirá-los da Windows Store, não agora, mas com um tempo não existirá mais tantos apps assim pra Windows Phone 8.1, então como nosso saudoso amigo André H.Buss sempre diz:

“Não compre Lumia legado”.

Windows phone 8 Logo

O Windows Phone teve seus momentos, lançado em 2010 e, em parcerias vieram aparelhos como o Samsung Omnia 7 e os Lumias 710, 800 da Nokia, mais a frente atualizações surgiram e aí conhecemos algumas como: Windows Phone 7.5 Mango, Windows Phone Tango, Windows Phone 8 Apollo, e posteriormente várias outras entre Windows Phone 8 e 8.1, Blue, Amber, Black, Denim.

Windows Phone 8.1 Logo

Só que o mais chato nessas postagens “clickbaits” é que os editores generalizam sempre, muitos não diferenciam o Windows Phone 8.1 do Windows 10 mobile, se algum leitor não conhece a história dessas atualizações, vai achar que o Windows 10 Mobile perdeu o suporte, a consequência disso é o usuário pensar que seu smartphone com Windows, seja o Phone 8.1 ou o 10 Mobile, vai parar de funcionar e assim o aparelho vai morrer, enfim, eu diria que é mais ou menos um boicote disfarçado.

Mas na verdade o que vemos de fato é a retrocompatibilidade tomando conta de tudo praticamente, pra facilitar a vida do usuário, os haters falam de quantidade de apps, mas temos os melhores recursos; eles falam que o sistema não tem fluidez, pelo menos eu não preciso fazer reboot no meu Lumia, posso contar nos dedos de um mão quantas vezes meu Lumia 640XL travou em mais de 2 anos de uso; dizem que não temos uma assistente útil, porém a Cortana é de longe melhor que o Google Now e a Siri, sem falar que não ouvimos a Cortana com uma voz robótica, mas pelo contrário, até senso de humor podemos perceber nela em alguns momentos, e em questão de personalização, o Windows mobile sempre esteve na frente.

Windows 10 Logo

E se mesmo assim ainda insistem em dizer que o Windows 10 mobile está morto, basta “tentar” contar quantas atualizações o sistema recebe durante 1 ano, nem precisamos falar nisso já que sempre o S.O é atualizado para corrigir os bugs e erros ainda existentes, onde na concorrência, modelos mais antigos nem são atualizados muito menos a desenvolvedora do software dá mais suporte ao sistema de certa forma, fazendo com que o apelido de “Travoid” se encaixe bem em uma discussão, mas a campanha Windows Insider está aí pra isso mesmo, fazendo como que próprio usuário mande seus feedbacks para que assim o pessoal de Redmond trabalhe.

A Microsoft sempre avisou a seus usuários sobre os riscos de ser um Insider, pois quando as primeiras versões do Windows 10 Mobile foram lançadas, elas não eram compatíveis com todos os hardwares e assim, muitos reclamaram por conta da inutilidade de seus aparelhos, mas já tinham sido avisados, como por exemplo eu, que perdi um Lumia 520 (o tenho até o presente dia) por teimosia, ao instalar de forma forçada a versão 9941.12498 do Windows 10 Mobile, fiquei chateado, mas não poderia reclamar de nada, então me recompus e assim que foi lançado o Lumia 640XL, adquiri o meu na pré-venda, tenho ele até hoje!

No mais, o que tenho a dizer é que, se o Windows 10 Mobile está morto, por quê que Redmond perde tempo trabalhando duro para melhorar uma coisinha aqui e ali? Ah, mas aí fazer o quê, não é? Se tem grana no caixa, gasta com besteira mesmo, perdendo tempo colocando perfume e trocando as roupas do defunto.

 

Se ainda não viu, confere aí:
Aulas aprofundadas de Word
Guia de atalhos do Windows 10

Share.

About Author

Servo de Jesus Cristo, fissurado em Windows, seja phone/mobile ou para Desktops Trabalho na área de informática a mais de 10 anos... E acho que é só isso que importa!