Notícias

Educação: Microsoft anuncia novos dispositivos e ferramentas do Windows 10

A Microsoft anunciou novidades para a área de educação durante o Bett, maior evento de tecnologia educacional do mundo. De lá vieram ideias impressionantes e soluções de tecnologia para a educação. Vamos conferir:

Sete novos dispositivos do Windows 10 para educação

Dispositivo 2-em-1 da Lenovo.

A primeira grande novidade é o aumento no portfólio de dispositivos acessíveis e fáceis de gerenciar com Windows 10 para a sala de aula, a partir de 189 dólares* (cerca de R$ 700).

Parceiros da Microsoft, como a Acer, Dell e Lenovo, estão oferecendo sete novos dispositivos com Windows 10 para o próximo ano letivo. Isso inclui dois novos dispositivos 2-em-1 da Acer e da Lenovo que custam a partir de 300 dólares e dão aos estudantes a versatilidade de fazer a conversão de tablet para notebook! Confira a lista:

  • Lenovo 100e
  • Lenovo 300e (2-em-1)
  • Lenovo 14w
  • Acer TravelMate B1 (B118-M)
  • Acer TravelMate Spin B1(B118-R/RN)
  • Acer TravelMate B1-141
  • Dell Latitude 3300 para educação

Com esses novos aparelhos com Windows 10, as escolas podem obter os melhores preços sem comprometer recursos como a tinta digital. O uso da tinta digital na tela, em especial, mostrou que houve um aumento nas pontuações dos alunos em até 38%, em comparação com o uso de teclado apenas.

Esses dispositivos também são uma ótima maneira de usar nossa a tecnologia de acessibilidade da Microsoft. Além disso, com o S Mode do Windows 10, as escolas podem reduzir o risco de bloatware e acelerar os tempos de inicialização das máquinas, melhorar a vida útil da bateria e aproveitar melhor o desempenho do dispositivo.

Um dos dispositivos mais exclusivos que chegam ao portfólio é o Lenovo 300e. Não só é só um 2-em-1, como inclui ainda uma caneta estilizada. E se a caneta se perder, os alunos podem escrever na tela com um lápis de grafite normal nº 2!

Também estamos sendo lançados três novos PCs de 13 a 15 polegadas da Acer, Dell e Lenovo, todos na faixa de preço de 300 dólares, oferecendo telas maiores e funcionalidades adicionais pelo mesmo preço baixo de muitos dispositivos menores.

Notebook e a Microsoft Classroom Pen.

Além desses ótimos novos dispositivos, a Microsoft está apresentamos o Microsoft Classroom Pen, uma caneta totalmente nova pensada especialmente para alunos e escolas, e projetada para o uso com o Surface Go.

A Microsoft Classroom Pen foi criada para alunos que desgastam muito suas ferramentas de aprendizado, apresentando uma ponta de caneta durável e reforçada e uma ponta de substituição para cada caneta incluída na caixa. Além disso, um espaço feito no final da caneta facilita ao estudante colocar uma corrente, para que a caneta não seja perdida.

Acessível e fácil de implantar, o Microsoft Classroom Pen estará disponível exclusivamente para instituições educacionais e é vendido em pacotes de 20 unidades por um preço de 799,80 dólares (aproximadamente 39,99 dólares por caneta). Ele será lançado em todos os 36 mercados do Surface Go em todo o mundo, com a primeira onda de disponibilidade começando no próximo mês, para que as escolas possam começar a fazer pedidos para o próximo ano letivo.

Transforme seu tempo em sala de aula com o Microsoft Teams e o Flipgrid

O Microsoft Teams e o Flipgrid estão provando ser uma combinação poderosa na hora de dar voz aos alunos e a desenvolver habilidades emocionais sociais necessárias, ao mesmo tempo em que dão aos professores novas plataformas para o desenvolvimento profissional e pessoal.

No ano passado, foi registrado o crescimento de 251% no uso do Teams em escolas e universidades, e mais de 80.000 novos professores por mês que ingressam no Flipgrid! Os fãs do Flipgrid vão querer ficar de olho em alguns novos recursos divertidos para empoderar os alunos este mês.

Eles facilitaram o uso do CoPilots, no Flipgrid. Duplicar as grades para o compartilhamento está mais rápido nas salas de aula, e estão apresentando o my.Flipgrid.com para que os alunos possam entrar no Flipgrid para visualizar, compartilhar e fazer o download de todos os vídeos.

O Microsoft Teams está ganhando os seguintes recursos:

  • Grade Sync para conectar o Teams ao seu SIS! A Grade Sync envia automaticamente as notas das tarefas do Teams diretamente para o sistema de informações do aluno, economizando muito tempo. Se você quiser participar da versão de pré-lançamento do Grade Sync, inscreva-se aqui.

  • Classificação móvel – Agora, os professores podem classificar as tarefas do Teams de qualquer lugar em um smartphone iOS ou Android, usando o aplicativo para celular do Teams.

Recurso do Teams para smartphone.

  • Integração de Turnitin – O Turnitin ajuda os professores a detectar potencial plágio dos alunos, pesquisando na internet alguma semelhança com o trabalho que os estudantes entregaram. Agora, com a nova integração do Turnitin deste mês, os assinantes da ferramenta podem ver alertas em uma única visualização no Teams Assignments.

Recurso de identificação de plágio.

  • Currículo de Ciência da Computação Grátis no Teams com o MakeCode! Este mês, eles lançarão uma versão beta que permitirá aos professores acessarem o MakeCode, a ferramenta de desenvolvimento de jogos online da Microsoft no Teams. Com a biblioteca gratuita do currículo de ciência da computação da MakeCode, alunos podem usar blocos de arrastar e soltar ou JavaScript, para criar seus próprios jogos e compartilhar com amigos. Os professores terão ciência da computação na ponta dos dedos, logo dentro do Teams.

Tela do MakeCode

  • Tarefas mais rápidas e fáceis de usar. Com as atualizações mais recentes, você poderá ver sua lista de tarefas futuras com mais rapidez e economizar tempo criando novas tarefas.

Nova tecnologia para personalizar o estudo e gerar melhores resultados de aprendizagem

Cada sala de aula tem uma mistura única e diversificada de alunos, e é por isso que não se pode pensar na tecnologia como uma solução única para todos.

A Microsoft se esforça para criar uma tecnologia que ofereça suporte a experiências de aprendizado inclusivas e personalizadas, para que todos os alunos tenham o poder de ter sucesso. Eles continuam investindo em projetos para apoiar os alunos com diferenças de aprendizado ou deficiências físicas que possam inibir sua capacidade de aprender. Simultaneamente, apoiam a tecnologia como realidade mista, o que está provando impulsionar melhor o engajamento de retenção do currículo para todos os alunos.

No episódio “O que há de novo no EDU” mais recente, que pode ser visto no vídeo inicial dessa postagem, Mark, Cecily e Dan nos mostram um pouco da empolgante nova tecnologia que estamos oferecendo para ajudar você a alcançar todos os tipos de alunos, incluindo:

Daniel e Rico manuseiam peças do Code Jumper.
Da esquerda para direita, Daniel e Rico fizeram parte de um grupo de estudantes do New College Worcester, em Worcester, no Reino Unido, que participaram de um teste da tecnologia por trás do Code Jumper. (Foto: Jonathan Banks)

Hoje, eles estão anunciando que vão transferir a pesquisa e a tecnologia por trás do Code Jumper – uma linguagem de programação física projetada para incluir crianças cegas ou com baixa visão – para a American Printing House for the Blind, para que mais estudantes no mundo possam se beneficiar.

O Code Jumper é baseado em um esforço de pesquisa da Microsoft chamado Projeto Torino, destinado a dar às crianças entre 7 e 11 anos uma introdução à programação. Pesquisadores da Microsoft desenvolveram o Projeto Torino em parceria com um grupo de alunos com deficiência visual. O projeto surgiu depois que a equipe aprendeu que o caminho mais popular para a introdução de crianças pequenas na programação, geralmente chamado de programação em bloco, não era acessível o suficiente porque não podia ser lido facilmente, nem mesmo com tecnologia assistiva, como um leitor de tela ou lente de aumento. Com a APH, acredita-se que o Code Jumper pode não apenas fornecer mais conhecimentos básicos de programação aos alunos, mas também fornecer habilidades importantes como pensamento computacional e resiliência, o que terá um impacto positivo em qualquer carreira que uma criança possa escolher.

A APH planeja disponibilizar o Code Jumper na Austrália, Canadá, Índia, Reino Unido e nos EUA este ano, e irá distribuí-lo em todo o mundo nos próximos cinco anos.

Currículos gratuitos de realidade mista para apoiar todo tipo de estudante

Estudos mostram que o engajamento e a retenção dos alunos aumentam até 35% quando os alunos aprendem com tecnologias 3D e imersivas, como headsets de realidade virtual. O desafio está em encontrar o currículo certo para começar com a realidade mista – uma barreira para muitos educadores.

Agora, a Microsoft está tornando mais fácil do que nunca começar com o aprendizado imersivo em parceria com o VictoryVR para oferecer às escolas 25 horas de currículos de realidade virtual alinhados com os padrões de alguns assuntos GRATUITOS quando compram um fone de ouvido de realidade virtual do Windows. Ao facilitar o início das escolas, espera-se que mais alunos possam experimentar os benefícios da aprendizagem imersiva no próximo ano letivo.

Novo Leitor Imersivo para VR e os materiais de treinamento gratuitos para professores da Dyslexia

Durante a Bett desta semana, eles mostraram como o Leitor Imersivo pode funcionar em um headset de realidade virtual, beneficiando qualquer um que precise de foco adicional durante a leitura, sejam cinco ou 85. Também estão lançando materiais de treinamento gratuitos na Comunidade Educadora da Microsoft para apoiar professores que têm alunos com dislexia como parte da parceria com a Made by Dyslexia.

Fonte > Microsoft News

Alexandre Lima
Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!