Em breve você terá que pagar para editar documentos do Office no Modo Continuum

0

Já que o dia hoje foi repleto de notícias ruins – bloqueio do Whatsapp e o adiamento da liberação do Windows 10 Mobile para 2016 para modelos já existentes – nada “melhor” que terminar o dia com mais uma notícia ruim… melhor receber todas as informações ruins de uma vez só pra ver se depois de uma noitada a gente esquece…

Em um post oficial da empresa eles deixaram claro que no ano que vem será preciso ter uma assinatura do Office 365 para pode editar documentos em seu smart com Windows 10 Mobile quando o mesmo estiver sendo usado no Modo Continuum for Phones. Para fazer edições diretamente no smartphone essa assinatura não será requerida, porém, ao conectar seu telefone em uma tela maior via Modo Continuum, a edição será barrada caso você não tenha uma conta ativa no Office 365.

A data exata para isso acontecer é 1 de abril. Até lá usuários de aparelhos como os Lumias 950, 950 XL e do Acer Jade Primo poderão editar arquivos do Office normalmente quando usados no Modo Continuum, porém, isso seria um tipo de “período promocional”, que terá seu término no dia 31 de março de 2016.

Office Continuum windows 10 mobile

Embora tudo isso possa parecer estranho, eles só estão cumprindo sua própria política de permissões do Office, que prevê que o usuário precisa de uma assinatura paga do Office 365 para editar documentos em dispositivos com telas maiores do que oito polegadas. Até aí tudo bem, por outro lado, cremos que essa “regra” deveria e poderia ser alterada, tendo em vista que o Modo Continuum é um dos maiores trunfos do Windows 10 Mobile e isso pode diminuir consideravelmente o interesse pela ferramenta.

Vai parecer estranho também a um usuário desavisado que está acostumado a editar arquivos do Office em seu smart, mas não poderá fazê-lo no seu mesmo smart só porque ele teve sua tela expandida para outro dispositivo. A incoerência é que estamos falando do mesmo aparelho sendo usado de formas diferentes e nada mais.

Assim como foi com o caso da diminuição do espaço gratuito do OneDrive, a Microsoft pode ter que enfrentar uma baita retaliação por parte da comunidade Windows depois dessa notícia.

Fontes: Windows Central e Neowin

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!