Hoje, dia 10, a Catho, empresa brasileira de gestão de RH para divulgação de anúncios de emprego enviou um aviso para seus cadastrados alegando que havia sofrido um ataque hacker.

Isso é incomum para empresas do país, isso porque, geralmente, negam qualquer ataque até que a justiça tome uma posição a respeito. No entanto, a Catho destacou que dados de pagamento ou currículos não foram vazados durante a invasão.  

No entanto, afirmou que muitos dados que a empresa matinha foram atacados no domingo (dia 7). Além disso, a Catho realizou várias medidas de segurança para que outras tentativas hacker não acontecessem novamente.

Informações que a Catho forneceu sobre o ocorrido

“Diante do ocorrido, implementamos ações adicionais de segurança em nossos sistemas. Trocamos as chaves e credenciais de acesso aos servidores da Catho; ampliamos o monitoramento de ambientes com apoio da consultoria de segurança contratada; ampliamos o uso de autenticação multifator para acesso aos ambientes e data centers; e implantamos novas políticas de definição de senhas, onde elas são armazenadas com criptografia forte. Além disso, redefinimos todas as senhas da base de Clientes e Usuários Catho de forma preventiva”, afirmou a Catho no aviso.

Nesse sentido, está claro que os usuários do site deverão redefinir a sua senha de acesso ao perfil assim que forem logar.

A Catho também deu mais informações ao TecMundo:

“Confirmamos que um evento indevido atingiu dados de login, nome completo, CPF, endereço, e-mail, data de nascimento e senha de 195 clientes Catho. Os demais clientes da Catho podem ter tido seus dados comprometidos, embora não tenhamos essa confirmação.

Também não temos nenhuma evidência de que os dados tenham sido utilizados. Já os dados de pagamento, os dados sensíveis e de currículo não foram acessados e permanecem seguros em nossa base.

Imediatamente ao tomar conhecimento do ocorrido, contratamos uma empresa, que é referência internacional em segurança da informação para ajudar na investigação, identificar os responsáveis e indicar as possíveis melhorias nos controles de segurança existentes.”

O que você achou do ataque hacker que a empresa brasileira Catho sofreu? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no ícone azul da rede social ao lado!