Emulador do Android embutido no Windows 10 Mobile pode ser a solução pra tudo…

0

Emulador Android windows 10 mobile

Diversos especialistas e hackers já provaram que o Windows 10 Mobile possui um pequeno emulador do Android em suas entranhas [Atualização] Na verdade o Windows 10 Mobile possui um subsistema do Android dentro do sistema que o permite rodar apps do Android de uma forma muito mais eficiente do que um emulador. Muitos já conseguiram rodar apps e jogos do Android no Windows 10 Mobile sem enfrentar maiores problemas, exceto quando a app exige uma conexão com a Google Play.

Alguém pode pensar que isso não deve durar muito tempo ou pode ser prejudicial para a linguagem de programação universal que está sendo promovida pela Microsoft juntamente com os apps universais do Windows. Será mesmo?

O Kernel do Android é todo baseado em Linux

O Kernel do Android é todo baseado em Linux

A questão sobre durar muito tempo é porque muitos acreditam que a Microsoft vai ser processada pela Google ou coisa do tipo. Fiquem sabendo que nada a Google pode fazer quando a isso. O Android tem como base o Linux, que é um software de código aberto e que pode ser usado por qualquer um.

A questão é que a Google se “apoderou” do Android como se fosse dela e criou ferramentas para impedir sua propagação sem seu controle, como por exemplo, atrelar o funcionamento de apps a Google Play ou forçando OEMs a usarem seu “pacote básico de apps”, que inclui o Gmail, Google Play, Google Maps, etc. A Google Play sim é de sua propriedade, porém, não é a única loja de apps e jogos para o Android. Passa longe disso. Sendo assim, a Microsoft pode sim deixar um emulador em seu software sem sofrer retaliações.

O medo de usuários do Windows e Windows Phone quanto ao assunto “emulação de apps do Android” tem uma relação com o interesse dos desenvolvedores quanto ao uso da linguagem de programação universal criada pela Microsoft em detrimento da linguagem de programação do Android.

Sim, isso pode ser verdade e realmente pode ser que o número de interessados em programar usando a linguagem da Microsoft caia nos primeiros anos de Windows 10 Mobile. Por outro lado, a Windows Store receberá uma enxurrada de apps portados do Android com tudo o que tem direito e acabaria com a má fama de que o Windows Phone Windows 10 Mobile não tem apps.

Visual Studio 2015 Android app linguage

Visual Studio 2015 da Microsoft sendo usado para programa para o Android

Enquanto a base de desenvolvedores cai, a de usuário pode crescer exponencialmente, e quando a base de usuários for grande o bastante, sem dúvida veremos mais desenvolvedores interessados na plataforma, o que consequentemente elevará o número de desenvolvedores programando para o Windows de forma efetiva. Lembram que o Visual Studio serve tanto para programar apps para Windows, como também para Android e iOS? Veja que é um plano a longo prazo, e a Microsoft é muito boa em planejar dessa forma.

Num primeiro momento diversos usuários, especialmente os fãs, podem se sentir um pouco incomodados com a portabilidade de apps do concorrente para o Windows 10, mas isso é temporário. Será preciso aceitar o fato de que veremos muitos apps com uma UI idêntica à de sua versão para o Android, já que desenvolvedores podem não querer ter todo o trabalho de adaptar sua criação a UI do Windows 10.

Agora vem a pergunta: será que isso não é bom? Melhor ter um Instagram, Facebook, Snapchat, atualizados e funcionamento perfeitamente, ou continuar com apps defasados e/ou indisponíveis?

Alguém pode pensar que o Android é imbatível e a Samsung “indestronável”. Engana-se quem pensa assim. O Symbian dominou o mundo mobile por anos até ser deposto pelo Android + iOS. E a Samsung é a Nokia de 2005.

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!