Notícias

Enquanto o Surface Phone não chega, conheça o Librem 5, o smartphone Linux com design responsivo

Segundo rumores, a Microsoft está trabalhando no Windows Core OS e suas builds internas de codinome: Andrômeda (Mobile), Polaris (PC), Aruba (Surface Hub) e Oásis (Realidade Mista). Esses codinomes não tem a menor importância, o que interessa, de fato, é como essas builds vão se comportar nos dispositivos, no mítico Surface Phone/Mobile e a modernização do Windows para o futuro.

Muito se tem falado sobre um Surface Phone dobrável, Andrômeda, Cshell e conceitos e mais conceitos intermináveis e que no final das contas, não ajuda muito. A Microsoft, o que é natural, não revela nada, tudo é guardado a 7 chaves e pouco sabemos o que realmente acontece e se tais produtos ou builds estão mesmo sendo desenvolvidas.

Como nossa função é informar e o Surface Phone/Mobile, até o momento, ninguém sabe e ninguém viu e as builds também, ninguém sabe se existem, vamos lá:

Librem 5

A Purism, uma empresa de tecnologia de computador que vende computadores portáteis baseados em Linux, está atualmente trabalhando no seu primeiro smartphone Linux com design responsivo, o Librem 5.

Ano passado, a Purism lançou uma campanha de crowdfunding para o seu smartphone Linux “puro”, o Librem 5 e alcançou o objetivo com facilidade. Com um meta de USD $ 1.500,000,00 a Prism alcançou até o momento USD $ 2.288,957,00, um aumento de 152% do valor inicial.

Librem 5 é um smartphone com foco principal em segurança e a privacidade dos usuários. Segundo a Prism, o Librem 5 trará no seu interior o PureOS, que é baseado no Debian/Linux, mas, pode ser instalado outras distribuições Linux, como a GNOME Shell, por exemplo, que será padrão como opção de ambiente. Em comparação ao iOS da Apple e o Android da Google, o PureOS garante muito mais privacidade e segurança, segundo a Prism.

Especificações:

  • Tela de 5″
  • Processador i.MX6 ou i.MX8
  • Interface multifuncional
  • 3GB RAM LPDDR3
  • Memória de armazenamento: 32GB eMMC
  • Slot: MicroSD
  • Câmara frontal e traseira
  • Suporte para as redes móveis 2G, 3G e 4G (LTE)
  • Bluetooth 4.0
  • Sistema “kill switch”, botões físicos para ativar e desativar interfaces (Wi-Fi, Bluetooth e redes móveis)

 

Aqui está a grande semelhança com o Continuum da Microsoft. O Linux do Librem 5 é um sistema desktop que se adapta a uma tela pequena, como a de um smartphone, diferente do Continuum, que no Windows 10 Mobile é exatamente o contrário, um sistema mobile que se adapta a uma tela grande de desktop.

Na palma da sua mão, o Librem 5 é um smartphone com um sistema Linux completo, com tudo o que você tem direito; plugou no dock com mouse e teclado, expande e vira um desktop. Um pequeno detalhe que faz toda a diferença, design responsivo, ou seja, sem apps esticados ou capados.

Segundo a Prism, a equipe de design está pronta para trabalhar na convergência mobile-desktop em todos os dispositivos que executam o sistema operacional PureOS, incluindo o Librem 5 e qualquer outro dispositivo criado pela própria fabricante.

“Nossa abordagem de convergência é que o celular é o fator motivador de todas as outras plataformas. Estamos conscientes de que a usabilidade é diferente de uma pequena tela sensível ao toque para um monitor de um laptop com mouse e teclado. Queremos melhorar a experiência do usuário através da facilidade de uso, criando um ambiente gráfico que não requer uma curva de aprendizado íngreme ao alternar entre dispositivos. Esta abordagem também é útil para os desenvolvedores que não desejam manter muitas saídas diferentes. O design móvel traz primeiro, eficiência e simplicidade”, diz a Purism.

“A aparência geral da interface do usuário que estaremos projetando deverá seguir abordagens atuais de design visual na indústria móvel. Esperamos que nosso design tenha uma estética minimalista por padrão. Estamos começando a trabalhar em um tema escuro (um tema “light” também será projetado)”, concluiu.

A Purism revelou imagens de qual aparência a empresa deseja alcançar para a interface gráfica do seu dispositivo móvel e que também estará disponível nos laptops da fabricante. Todos os produtos da empresa rodará o PureOS, que se adaptará dependendo do aparelho em que ele estiver sendo executado:

A empresa também disse que planeja contribuir com todos os seus trabalhos de design UI/UX do Librem 5, para os projetos pai em que o seu trabalho se baseia e permitir que os usuários instalem outros ambientes de desktop no smartphone. Estes incluem o KDE e o GNOME, que se tornaram parceiros da Purism durante a campanha de financiamento no ano passado para o Librem 5.

No entanto, ambos o KDE e GNOME podem oferecer abordagens diferentes para a experiência móvel, e os usuários devem estar cientes disso antes de comprar o dispositivo. Mas isso é bom, já que os usuários poderão controlar o seu dispositivo e seus conteúdos do jeito que quiserem.

Considerado o melhor music player para Desktop do GNOME, o Lollypop também aderiu ao design responsivo e o resultado ficou muito agradável. É possível perceber claramente sua interface sendo ajustada automaticamente para qualquer dispositivo: PC, tablet, smartphone, smart watch e wearable (tipo uma pulseira). Veja abaixo:

A equipe do Librem 5 também está trabalhando com Plasma Mobile, uma plataforma mobile open source com o objetivo de dar ao usuário pleno uso do dispositivo. Ele foi concebido como um sistema inclusivo, destinado a suportar todos os tipos de aplicativos. Aplicativos nativos são desenvolvidos utilizando Qt; ele também irá suportar aplicativos escritos em GTK, aplicativos do Android, aplicativos do Ubuntu, e muitos outros, se a licença permitir e o aplicativo puder ser feito para funcionar em um nível técnico.

O Librem 5 pode ser adquirido aqui, com entrega prevista para começar ainda neste mês. Como dito, ele roda o PureOS e não o Android, portanto, não possui acesso a loja do Google e os seus milhares de apps. Eles disseram que podem incluir uma camada de segurança e rodar o Android no futuro, quem sabe.

O Librem 5 é um Linux “puro” e promete muito sucesso entre os seus usuários! Sua campanha de crowdfunding foi além do esperado e o design responsivo, ao que parece, é algo que veio para ficar.

Do lado da Microsoft, ainda não temos notícias oficias de absolutamente nada sendo feito com esta proposta de design responsivo. O que existe de oficial, até o momento, são os novos PCs Sempre Conectados, com processador ARM da Qualcomm, Windows 10 S e bateria que dura dias. Temos o Modo Continuum que ficou preso ao Windows 10 Mobile, que como sabemos, tem data para encerrar. O jeito é aguardar por novidades.

E você, gostou da proposta do Librem 5? Deixe seus comentários abaixo.

Fique ligado!

Obrigado ao Márcio Vianna pelas dicas 😉

Fonte: Linuxbuzz, Purism