Este é o Surface Mini cancelado pela Microsoft

0

O pessoal do Windows Central consegui ter acesso ao mítico Surface Mini. Ele estava inserido em diversos rumores desde 2014, mas agora sabemos que o projeto nunca viu a luz do dia porque ele foi cancelado pouco tempos antes de seu anúncio.

Na verdade ele deveria ter sido apresentado junto com o Surface Pro 3 em 2014, porém, a Microsoft optou por cancelar o projeto porque acredita que na época não havia mercado o suficiente para ele.

O Windows Central descobriu várias características interessantes sobre o gadget, como por exemplo, ele tinha uma tela de 8 polegadas com resolução de 1440 x 1080 pixels com 5 pontos de toque simultâneos. Além disso, ele vinha equipado com o um processador Qualcomm Snapdragon 800 Adreno 330, 1GB de memória RAM, porta mini-USB com suporte a OTG, Wi-Fi de banda dupla e 32GB de armazenamento.

É uma configuração simples, porém, não podemos esquecer que estamos falando de um hardware de 2014. Ele teria sido preparado para rodar o fracassado Windows RT 8.1 de 32-bits, que inclusive foi descontinuado meses depois do lançamento do Surface Pro 3.

Por fora, temos uma das partes mais interessantes do aparelho, tendo em vista que ele conta com um acabamento muito semelhante ao que vemos no Surface Laptop e nas mais recentes Type Covers, que é um material que lembra um tecido, o Alcantara. Então, isso confirma que já tem algum tempo que a Microsoft trabalha com esse material.

Além disso, ele também tem um pequeno kickstand, que seria o suporte para manter o aparelho apoiado sobre diversas superfícies e em diversos ângulos de inclinação, tal como acontece com os demais modelos da linha Surface. Ele também seria vendido em diversas cores, mesmo que só estejamos vendo apenas o modelo na cor preta nas imagens vazadas.

Por fim, a principal diferença do Surface Mini para os demais modelos da linha Surface e Surface Pro, seria o fato dele não contar com suporte a Type Cover, que é o teclado/capa padrão da linha. Ele teria sido pensado para funcionar como um verdadeiro tablet, onde a entrada de comandos precisaria ser dada por meio dos dedos ou da Surface Pen, que neste caso, obviamente, era completamente suportada.

Com o mercado de tablets em decadência e com as incertezas que rondavam o Windows RT, acreditamos que a decisão da Microsoft em cancelar o projeto foi a mais acertada. O que você acha de tudo isso?

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!