‘Fall Creators Update’ é o nome da próxima grande atualização para o Windows 10 e mais…

0

Agora pouco, a Microsoft mostrou várias novidades relacionadas ao Windows durante o keynote do 2º dia da Build 2017. Uma das principais delas foi a confirmação do nome da próxima grande atualização para o Windows 10, que será chamada de ‘Fall Creators Update‘, também conhecida como Redstone 3.

O nome faz uma nítida referência a Redstone 2 ou Creators Update, o que significa que o foco do novo pacote de atualizações ainda são as ferramentas voltadas para “criação” de conteúdo em geral. Ela deverá chegar em versão pública em meado de setembro.

O Windows 10 Fall Creators Update trará várias novidades para o S.O., como por exemplo, a tão comentada nova linguagem de design chamada Microsoft Fluent Design System (também conhecido como Projeto NEON) e algumas outras características, como a sincronização da área de transferência (permitirá copiar um texto no telefone celular e colar no PC, e vice-versa) e uma nova maneira de contar histórias (storytelling). 

Outra grande novidade que virá com o Windows 10 Fall Creators Update é o novo recurso Timeline que fará com que fique mais fácil acompanhar as coisas que você está trabalhando. O recurso Timeline será essencialmente um cronograma visual de quais aplicativos você está trabalhando no seu PC. Por exemplo, se você estivesse trabalhando em um projeto pessoal no Visual Studio Code, o recurso Timeline irá salvá-lo e exibi-lo sempre que você o abrir. A partir daí, você pode clicar no item para abrir o Visual Studio Code e continuar trabalhando nele sempre que quiser.

Tem ainda a função Pick Up From Where You Left, ou Continuar de onde parou em nosso idioma. Os usuários poderão começar uma atividade no computador e depois continuar em um dispositivo móvel. O exemplo apresentado no palco foi de uma fotógrafa que usa o smartphone para bater fotos de cães em um pet shop. Depois, as mesmas imagens aparecem automaticamente no computador com Windows 10 Fall Creators Update – com direito a um editor de vídeo que busca músicas diretamente do serviço Groove para compor a trilha sonora da produção visual.

O OneDrive também receberá uma uma novidade: o download de arquivos “sob demanda“. Na prática, o serviço de arquivos na nuvem vai manter parte dos documentos no PC e parte na nuvem, e vai baixá-los conforme a necessidade do usuário. A ideia por trás disso é evitar que o armazenamento do HD ou SSD fique lotado.

A Windows Store vai ganhar o reforço de um grande aliado, que é o aplicativo oficial do iTunes da apple, com direito às assinaturas do Apple Music e todas as funcionalidades do sistema. Assim, usuários de iPhones poderão usar um PC com Windows sem grandes complicações e com ainda mais segurança. Além do iTunes, o Spotify confirmou sua entrada na loja novamente. Quer mais? A Windows Store receberá sistemas operacionais inteiros, como por exemplo, já está confirmada a chegada do Ubuntu na loja.

Todos esses recursos começarão a ser testado pelo insider muito em breve, para só depois chegar para os usuário finais.

Fonte: MSPoweruser e Windows Central e techtudo

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!