FINALMENTE!!! Veja o CShell do Windows 10 em ação em um smartphone

0

Finalmente chegou o dia de vermos o sonho de uma interface unificada para o Windows 10 independente do tamanho da tela do dispositivos ou de sua categoria. Pode ser um PC, um Laptop, um tablet ou até um smartphone. Por meio do “Composable Shell” ou “CShell”, a UI do usuário será completamente adaptável, proporcionando uma experiência única e unificada em todo dispositivo equipado com Windows 10, sem importar o tamanho de sua tela. Tudo na UI do sistema será automaticamente adaptado.

O pessoal do Windows Central teve acesso a versão preliminar do Windows 10 equipado com o CShell e ela estava instalada em um HP Elite X3, que é um celular top de linha com Windows. Vamos ao vídeo.

Começando pela Tela Inicial, é possível perceber como a experiência é praticamente idêntica a observada em PCs e Laptops. Vemos que é possível usar o tamanho “grande” das Live Tiles, tem também os menus de contexto, que remetem um pouco as Tiles Explosivas que vimos no passado, entre vários outros detalhes que antes estavam presentes apenas na versão Desktop do Windows 10. Por sinal, o CShell vai colocar uma última pedra sobre essa coisa de “versão do Windows 10”, pois, tudo é apenas Windows 10.

Ainda sobre a Home Screen, vemos no vídeo que o software vai suportar o modo paisagem também na Tela Inicial como muitos desejam há anos. Como o Windows Central ressaltou por diversas vezes, trata-se de uma versão preliminar do software, então, a Home Screen ficou um pouco “desconsertada” no modo Landscape quando usada no telefone, porém, acreditamos que isso pode ser melhorado com o tempo.

O Centro de Ações, é claro, não poderia ficar de fora da adaptação e ele também é idêntico a versão Desktop do Windows 10 com os botões de ação na parte inferior da tela. Atualmente no Windows 10 Mobile eles ficam na parte superior.

Nele não poderíamos deixar de notar que tudo funciona de forma idêntica ao desktop, com direito a notificações interativas, recados, lembretes e notificações diversas.

No Modo Continuum o CShell dá outro show, trazendo as mesma características do Windows Desktop para o Modo Continuum, como por exemplo, as adequações diversas das Live Tiles e especialmente a multitarefa que permite o uso de múltiplas aplicações simultaneamente.

Ele também suporta Snap e Task View do Windows. Elementos de Fluent Design também funcionam quando usamos aplicações pelo Modo Continuum e tudo parece bem agradável. É uma verdadeira experiência desktop por meio do seu smartphone.

É possível notar que o Menu Iniciar no Modo Continuum, por enquanto, ainda remete ao Modo Landscape da Home Screen e é até uma experiência pior do que a atual do Modo Continuum como o conhecemos, porém, como já foi dito antes, estamos falando de uma versão preliminar, portanto, esse Menu Iniciar via Modo Continuum deve evoluir muito mais até a versão final chegar a público.

Espera-se que esse novo Modo Continuum chegue junto com o suporte a aplicações win32, quem sabe por meio do Windows 10 para processadores ARM, já que a idéia com o CShell é trazer exatamente o mesmo ambiente de desktop para telefones e vice-versa.

Os aplicativos Silverlight não são iniciados com o CShell. Tocar em um aplicativo Silverlight, como o WhatsApp, simplesmente não dá em nada, isso porque a Microsoft pretende abandonar o suporte ao Silverlight em sua próxima grande tentativa com o Windows Mobile. Leia mais sobre isso aqui. Já os aplicativos Universais funcionarão normalmente e já estão preparados para essa unificação.

O CShell aliada com o OneCore também romperá com a tradição de pensarmos: “Apps para mobile, App para desktop”, já que os UWP podem se adaptar a UI por meio do CShell, então, basta ter um único UWP que ele funcionará no Desktop, HoloLens e no Smartphone.

Ainda segundo o Windows Central, não há nenhuma confirmação de que a Microsoft pretende liberar o CShell para dispositivos já existente com Windows 10 Mobile, mesmo que tenhamos assistido o vídeo do software rodando em um HP Elite X3. Eles também não tem certeza, mas, é possível que tal novidade só chegue ao mercado em 2018. O que se sabe é que o CShell provavelmente chegará primeiro para dispositivos móveis, como smartphones, para só depois invadir o mercado de PCs.

Fonte: Windows Centralhttps://www.windowscentral.com/windows-cshell

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!