Ganhe um e-book grátis da Amazon: presente indireto do Doria

0

A Amazon fez um vídeo #MovidosPorHistórias que começa com a pergunta “Cobriram a cidade de cinza?”, e mostra alguns lugares da cidade de São Paulo onde as pichações e grafites antigos foram apagados. Isso faz parte do programa Cidade Linda, criado pelo prefeito João Dória Júnior.

No comercial, trechos de livros são projetados em muros e calçadas da cidade, e termina com a frase: “A gente cobriu o cinza de histórias”. A ideia da agência que produziu o filme era divulgar o Kindle.

Mas, o tiro saiu pela culatra.

A campanha publicitária gerou bastante repercussão nas redes sociais, com críticas pesadas a atitude da Amazon, que seria uma crítica ao prefeito João Doria Júnior e ao programa Cidade Linda. No YouTube, o vídeo acumula milhares de dislikes e centenas de comentários negativos.

Dória, foi também para as redes sociais e deu tapa com luva de pelica na cara da Amazon e pediu que doasse livros e computadores para a cidade. Ele disse:

“Já que a Amazon gosta tanto de São Paulo, gosta tanto do Brasil, ajude a nossa cidade. Ajude a quem precisa. Se vocês gostam realmente, doem livros para as bibliotecas, doem computadores para as escolas públicas municipais”.

Veja abaixo:

Doria também sugeriu “patrocinar um dos MARs – Museus de Arte de Rua”, programa que patrocinará grafites em áreas públicas da capital paulista, pagando até R$ 40 mil aos projetos selecionados.

A Kabum, uma loja de e-commerce concorrente da Amazon, tratou logo de responder ao prefeito afirmando que estava disposta a fazer doações:

E como se não bastasse, no mesmo dia a Microsoft fechou uma parceria com Doria e irá oferecer acesso às plataformas educacionais da empresa, além de capacitação e doação de licenças de softwares para 422 mil alunos e 59 mil professores da rede municipal, tudo com custo zero para os cofres públicos. Este acordo também inclui programas de estímulo à criação de ideias inovadoras e à geração e desenvolvimento de Startups. Os investimentos serão equivalentes a R$ 15 milhões, de acordo com a prefeitura.

A Microsoft prometeu doar acesso a produtos como Office 365 Educacional e programas educativos, com “estímulo à criação de ideias inovadoras e à geração e desenvolvimento de startup”. 

Dentro do pacote que será enviado às escolas estão os programas Word, Excel, Power Point, OneNote e o OneDrive. Alunos receberão acesso à plataforma Microsoft Virtual Academy, cujo conteúdo possui cursos completos e ferramentas de desenvolvimento.

A Amazon, diante da resposta dura do prefeito e o impacto negativo da campanha não só em São Paulo, mas que reverberou no mundo todo, resolveu oferecer um e-book de graça para todo mundo. Basta acessar: https://www.amazon.com.br/amamosSP fazer login ou criar uma conta e pegar o seu livro digital e ler onde quiser, não precisa ter o Kindle. Acesse e veja a lista do livros  feita a partir de uma seleção de 30 títulos, que inclui obras conhecidas como Laranja Mecânica, 2001 – Uma Odisséia no Espaço, Star Wars e Planet dos Macacos, entre outras.

E para terminar, Doria recebeu doações de mais 7 empresas e não aliviou com a Amazon:

 

Fonte: Tecnoblog

 

Share.

About Author