DestaqueNotícias

Google ataca o Windows e o macOS em novo comercial do Chromebook

Quem se lembra dos anúncios da Microsoft chamados de “Scrooled” que atacavam o Gmail? Ou a famosa e divertidíssima campanha da Apple “Get a Mac”? Em ambos os casos, a Microsoft e a Apple estavam ridicularizando os rivais em seus respectivos nichos. O novo anúncio do Google Chromebook foi publicado com uma intenção semelhante. A Google foca nos erros do Windows e as mensagens do macOS na Central de Ações para destacar a grandeza do Chromebook.

O novo anúncio em vídeo do Google tenta destacar os principais recursos da plataforma do Chromebook colocando o Windows e o MacOS como sistemas ruins. O vídeo é principalmente sobre mensagens de erro que os usuários do Windows veem de vez em quando, incluindo novas atualizações de software e BSODs.

O anúncio é hilário, mas, suas reivindicações estão desatualizadas e não fazem mais sentido, pelo menos no caso do sistema operacional Windows. O Windows 10 é mais rápido do que as versões anteriores do Windows. O sistema operacional inicializa, entra no modo de suspensão e desperta do modo de espera mais rápido que o Windows antigo.

No vídeo, o Google está mostrando os pontos fracos do sistema operacional Windows da Microsoft e do MacOS da Apple, para que mais usuários estejam inclinados a escolher o Chrome OS. O Google destaca os recursos do Chromebook, como maior duração da bateria, atualizações automáticas, proteção contra malware e a abundância de aplicativos.

É no mínimo divertido e curioso essas campanhas, ainda mais quando se trata de dispositivos que, segundo os especialistas, ninguém mais usa, já que os smartphones dominaram tudo.

Fonte: Windows Latest