Google e Samsung tentam prejudicar a compra da divisão mobile da Nokia pela Microsoft

56

A finalização do processo de compra da divisão mobile da Nokia pela Microsoft está bem próxima. O que falta agora é basicamente a aprovação do negócio pelos órgãos reguladores asiáticos, porém, tem gente querendo meter o dedo nesse negócio visando “prejudicar” a transação, e como não poderia ser diferente, a Google esta metida nisso.

microsoft_buys_nokia

Dessa vez eles não estão sozinhos, a Samsung, a Huawei e a ZTE também estão unindo forças com a Google para protestar junto ao governo chinês sobre questões que envolvem essa compra. Segundo eles a união da Nokia com a Microsoft irá gerar um concorrência desleal no mercado, já que juntas elas podem oferecer quase todos os tipos de serviços de comunicação.

A maior preocupação de todas elas está ligada a questões relacionadas a patentes, coisa que a Nokia e a Microsoft tem de sobra, ainda mais depois da compra. O medo é que a Microsoft passe a cobrar preços mais elevados pelo uso das suas patentes e das da Nokia, forçando as demais fabricantes a elevarem o preço dos seus produtos para compensar o aumento dos custos.

Dificilmente esse protesto irá impedir o negócio de ser concretizado, mas, essa não é a principal intenção deles. Na verdade o plano é que o governo imponha restrições a Nokia e a Microsoft quanto a sua atuação no mercado asiático, deixando assim o caminho livre para o domínio androidiano.

O interessante disso é notar que todas as empresas que interpelaram o protesto são OEM’s do Windows Phone confirmados recentemente na MWC 2014. Mas, amigos amigos, negócios rentáveis a parte….

Fontes: Tudo Celular

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • matheus

    Eles so querem que o Android fique mais popular e deixar o Windows Phone pra baixo mais tenho certeza que com a Nokia e a Microsoft juntas o Windows Phone vai melhorar mais e mais

  • Google morre de medo da Microsoft. Não confia no seu taco?

  • Marcelo Ferreira

    Gente vamos acorda pra Vida? Pro WP chega no Android falta muito mais muito mesmo FÃN BOYS do WP como sempre se vangloriando por um sistema operacional que todos já sabemos que dificilmente irá chegar a ser o Nº1 kkkkkk fico rindo com o comentário de geral,realmente brasileiro gosta de se iludir

    • João Pedro Alves Campos

      Faltam muitos fan boys? Realmente, o número deles usando Android hoje é imbatível. ^^ (Eu entendi perfeitamente seu comentário, só quis encher o saco pra você aprender a usar pontos finais e fazer comentários úteis)

      • Marcelo Ferreira

        kkkkkkkkkkk o importante é que a msg foi dada

  • Vito O.

    Sistemas operacionais para smartphones vão acabar se distribuindo como o mercado de SO de computadores, Windows, OSX e Linux = Windows Phone, iOS e Android. Acredito que as proporções no mercado vão ser correspondentes em breve

  • Luan Borges

    “Desejo a todas inimigas vida longa, pra que elas vejam cada dia mais nossa vitória”, disse Nadella.

  • Isaias Freitas

    Quem diria a Google com medo da Microsoft… Tenho q rir, e muito. bora WP8. Uuirruuuu..

  • Hugo Varani

    “Segundo eles a união da Nokia com a Microsoft irá gerar um concorrência desleal no mercado, já que juntas elas podem oferecer quase todos os tipos de serviços de comunicação”

    Realmente o ambiente corporativo é bem predatório e insaciável. Reclamar de barriga cheia, quem diria….

  • Edson Rudio

    Minha opinião é de que Google tem medo do potencial da Microsoft com o Windows 8 e Windows phone 8.

  • F. S.

    E eu torço muito que consigam, nada de Micronokia!

  • Até que demorou para choradeira começar. Acho que eles não aprenderam ainda como funciona. Mas eu vou lembrar. A Microsoft assiste quieta os erros e acertos dos outros. Cria algo baseado nisso entra no mercado e boa. Dragão de Comodo. Morde e espera a galera cair. Não faz muito tempo a galera dizia BB absoluto no mundo corporativo. Oi? 🙂 Android rende 2bi a cada ano fiscal para Microsoft… É inevitável. CHUPAGUGLI

  • Mozart Mendes

    Beijinho no ombro pro RECALQUE ANDROIDIANO passar longe!

  • Andriw

    A Google tá tão preocupada com o WP quanto a AmBev com a cervejaria Colônia.
    O risco maior é com as patentes de tecnologia 2G (voz) e LTE da Nokia. A MS já tem um histórico de forçar preços (como fez no passado com alguns OEMs, onde hoje ganha 5 obamas de cada HTC com Android vendido. E agora, detendo exclusividade no licenciamento de algumas patentes, pode forçar o aumento como um todo dos preços dos gadjets, com isso melhorar também sua margem e melhorar a lucratividade do WP, que por enquanto só come caixa.
    Isso ainda pode ficar pior se a Google comprar a briga e subir o valor do licenciamento de patentes obtidas recentemente. Veremos uma nova guerra de patentes, mas sem tribunais. Sem contar que fabricantes como HTC também podem embolar o meio campo com isso.
    Uma ação dessa não é só prejudicial aos usuários do Android, mas de todos os sistemas que dependem de pagar royalties para a Nokia para lançarem aparelhos com acesso a redes 2G e LTE. Nesse tipo de batalha não há vencedores, apenas perdedores, que no caso somos nós, os consumidores, que pagaremos mais por gadjets onde empresas montam monopólios. Mas a miopia do Windows impede de ver isso… ????????????

    • João Pedro Alves Campos

      Um bom comentário, mas acho que a estratégia da Google um pouco mais sórdida. O lançamento do Moto G demonstra isso. Lançar um aparelho com um hardware que nenhuma empresa concorrente conseguiria manter pelo preço que eles cobram, forçando o mercado a diminuir os preços e portanto a rentabilidade de empresas já em risco como a HTC, a Nokia, etc., estratégia que vem aplicando a anos oferecendo serviços semelhantes aos da Microsoft de graça, enquanto a real fonte do seu lucro fica intacta e inviolada (venda de anúncios personalizados, um nicho desprezível, na minha opinião). Não preciso nem dizer que se fosse parar por aí seria uma maravilha, mas é mais que óbvio que quando caírem as concorrentes, a Google vai mandar o preço que quiser e ainda vai posar de amante dos pobres e oprimidos, por ter oferecido produtos baratos e gratuitos no passado (o que é claro ela não fará pra sempre, mas quando esse dia chegar, ela dirá que “só fez porque era o único jeito”, e todos vão acreditar). Se a miopia do Windows nos impede de enxergar que está longe, a hipermetropia da Google está te impedindo de ver o que está na sua cara…

      • Andriw

        Eu falei que Google era santa??? O Google tem um lado extremamente negativo, o monopólio montado sobre anúncios de internet é nocivo ao mercado de anúncios. Que começa a seguir os preços ditados pela gigante. No entanto, se vc acha este mercado desprezível, eu só lamento pela sua ignorância no assunto. Muitas empresas dependem de anúncios para sobreviver. Um exemplo são as empresas que prestam serviços de limpeza de fossa, que já foram os maiores anunciantes de lista telefônica e hoje investem em anúncios da Google.
        Sobre a sua opinião sobre a Motorola, creio que vc se equivocou. Quando a Google comprou a Motorola havia este medo. No entanto, uma das maiores críticas sobre esta transação foi o fato da Google nunca assumir a Motorola de fato, tanto que nunca vimos um android puro em um motorola. O Moto G foi o mais próximo disso. Sem contar que a sua dependência da Samsung na sobrevivência do Android fez com que vendesse a empresa para a Lenovo.
        Não sou contra serem fã de empresa A ou B, mas a miopia que isso está causando em alguns alienados que vejo comentar por aqui. O monopólio, independente da empresa sempre será prejudicial ao consumidor

        • João Pedro Alves Campos

          Me expressei mal no comentário de cima. O que acho desprezível no mercado de anúncios é a forma com que a Google age neste mercado, oferecendo serviços invasivos à privacidade alheia e propagandeando que ela os oferece gratuitamente por ser a versão da Madre Teresa da internet. Quanto à questão do Moto G, estou inclinado a manter a minha opinião porque a Google pode não ter feito nada, mas obviamente investiram dinheiro no projeto, assumindo um custo que a curto prazo é prejuízo (você é bem esperto e espero que entenda porque cobrar mais barato diminuindo a margem de lucro é um luxo que só é possível quando se tem dinheiro de sobra, pois é uma estratégia de longo prazo que aumenta os custos de produção, pois é necessário produzir mais, dinheiro que a Motorola não tinha). O fato da Google ter vendido a Motorola indica que essa estratégia foi adotada por outro motivo além de um investimento a longo prazo (faz sentido, né? Como poderia ela adotar em uma de suas empresas uma estratégia de longo prazo e vender essa mesma empresa imediatamente após ter determinado tal estratégia?). A minha opinião pessoal é a de que ela fez isso para forçar os preços pra baixo e quebrar empresas menores do mercado de smartphones, talvez até com o conhecimento da Samsung. E por último, realmente, concordo com você que ser fã de uma empresa A ou B é uma bobagem mesmo. Gosto da Microsoft pelo respeito aos seus consumidores (geralmente), qualidade dos seus serviços, senso estético e por ganhar dinheiro com seu próprio suor (Atualmente). O que em contrapartida me faz não gostar da Google, que não trabalhou pra fazer nada, só usou seu dinheiro obtido às custas da venda de informações privadas pra comprar serviços prontos ou em crescendo. O mesmo que eu disse da MS se aplica à Apple, mas eu ainda prefiro o novo estilo visual da MS, e, é claro, é mais barato!! (Ufa! Pra terminar, desculpa pela piadinha infame sobre miopia x hipermetropia, pereceu boa na hora… rsrs).

          • Andriw

            Agora entendi o seu ponto de vista sobre a receita da Google. Sobre isso não tenho como dar uma opinião coerente pois a única coisa que realmente conheço é que as investidas da Google começaram com o uso intensivo de medições estatísticas. Porem hoje há muita informação sobre como é feito e não sei ao certo o que é fato e o que é mito.
            No quesito Motorola há um ponto no seu comentário que não me parece claro. O que vc mencionou faz total sentido, se não houvesse o fator venda para a Lenovo.
            Não faz muito sentido uma empresa traçar uma estratégia de dumping e em seguida ser vendida. Ainda mais que a concorrente direta da Google não é a Nokia, mas a MS. E a MS pode (com uma certa grana) embarcar seu SO em outros OEMs. Com a Motorola nas mãos da Lenovo e com o anúncio do presidente da Lenovo em manter a estratégia de vendas da linha moto G/X fica evidente que os aparelhos estão sendo vendidos com margem positiva.
            Esse tipo de estratégia para smartphones é novo aqui no ocidente. Preconceitos à parte, empresas como a Huawei e a Xiang venden smartphones com hardwares potentes a preços baixo.

          • João Pedro Alves Campos

            Olha, não entendi muito bem o seu ponto. Eu sei que faz todo sentido investir a longo prazo, como a Xiang e a Huawei fizeram. O que eu quis dizer, e acho que de fato disse, é que se uma empresa adota uma estratégia de longo prazo em uma das suas subsidiárias e vende ela imediatamente depois, nós podemos questionar se a motivação dessa estratégia a longo prazo era de fato um lucro futuro ou algum motivo escondido. A MS pode de fato embarcar seu S.O. em outros OEM’s, mas, imagina se o mercado ficar cada vez mais dependente da Samsung, ainda mais com essas políticas de favorecimento mútuo entre as duas empresas. A Google vai ter uma empresa dominante que com certeza vai investir muito mais na sua plataforma do que em outras (isso se não cortar de vez a produção de produtos com outros S.O.’s). Sim, quanto a linha Moto ser vendido com margem positiva, acredito que seja mesmo. Mas eu estou falando de custos de produção, já que a Motorola tem que produzir muito mais pra ter o mesmo lucro. Imagine que ela poderia vender um Moto G por R$ 1.000,00 (a versão dual-chip, é claro), mas vende ele por R$ 800.00. Se ela vendesse 4 por mil reais, teria quatro mil reais. Mas pra atingir esses mesmos quatro mil, vendendo por oitocentos reais, ela teria que fazer um Moto G a mais. Claro, isso multiplicado por milhões, significa que ela tem que aumentar muito o ritmo de produção, fazendo um investimento pesado antes de ter um bom lucro. Do ponto de vista da Motorola, como falei acima, é ótimo. Do ponto de vista da Google, que bancou esse custo de produção e depois vendeu a Motorola, não faz sentido.

    • Rodrigo Lage

      Você esquece que a Google vive barrando seus aplicativos, como Youtube o qual todo mundo quer no Windows Phone, e a Microsoft não tem culpa que a Nokia tenha criado tecnologias mais interessantes e mais funcionais que a Motorola… Isso é um jogo de gente grande, só que a Nokia irá para MS e as patentes também, porém as patentes ficaram a cargo da MS por 10 anos, depois volta para a Nokia. Google é a pior, ela domina 78% do sistema operacional para celulares e não houve preços baixos e sim aumentos, pois não existe concorrência de fato, pois os celulares com Android possui tudo o mesmo preço, pois os sistemas é tudo igual.

      • Andriw

        Não sou favorável ao bloqueio que google realiza dos seus serviços sobre os usuários do WP (mesmo pq também sou um) mas isso não caracteriza monopólio, uma vez que a própria MS também disponibiliza tais serviços.
        Quanto as patentes, até o monopólio faz parte do jogo, no entanto é um jogo prejudicial que governos tentam barrar. Acredito que propriedades intelectuais devam sempre ser preservadas. E neste ponto a Nokia sempre fez uma gestão saudável das suas patentes, pois possuía um acordo informal de nunca cobrar mais que a média do mercado pelo licenciamento de suas patentes de LTE, mesmo pq tambémdependia de licenças de SW (mesmo na época do Symbian). Este acordo a MS só precisará cumprir se for de interesse a ela, pois quase todo o desenvolvimento dos lumias esta pautado em patentes próprias (pelo menos esta é a alegação das empresas). Deve ter alguma coisa de tecnologia GSM de motorola e outras empresas menores e talvez de telas sensíveis ao toque da Apple.

        • CS

          O jeito é investir mais em P&D pra não ficar na mão do inimigo. Meu Deus, como eles não pensaram nisso ainda?!

        • João Pedro Alves Campos

          O que nós, usuários do WP, sentimos falta entre os produtos da Google é do YouTube, que não tem nenhum equivalente, muito menos em posse da MS. O resto a maioria dos donos de WP já se acostumou a usar os serviços da MS, fazendo pouca falta.

    • CS

      Exatamente. Torço para que essa aquisição seja concretizada para acabarmos com o quase monopólio do android. Só assim nós consumidores ficaremos mais seguros.

  • Wagner

    mans falemos a realidade,os sistemas móveis vão ser como os de PCs,a microsoft vai domina,a apple em segundo e o linux,android em terceiro,a unica coisa boa do android é colocar jogos piratas só

  • Carlos Roberto Elias

    Um especialistas em patentes já havia dito que as patentes que o Google comprou com a Motorola são lixo, inúteis, pelo ver realmente são mesmo. Agora eles estão com medo do crescimento do Windows Phone, porque se a Microsoft conseguir pelo menos mais quatro OEM’s certamente a coisa vai favorecer muito para Microsoft. Essa pratica anti competitiva da Google só prova seu medo e incompetência, não só ela mas Samsung e todos os demais que tentarem atrapalhar a negociação, mas creio que não conseguirão melar o processo de compra

    • Andriw

      Se vc não utilizar um celular para fazer ligações e conectar em redes gsm, realmente as patentes serão um lixo….
      especialista é o cara que entende muito de porra nenhuma….????????

      • Daniel Rocha

        Se comparar as patentes da Motorola e Nokia, acho que as da Nokia são mais importantes…

        • Francisco Lunardi

          Hoje em dia é impossível criar um smart sem as patentes da Nokia.