Google insinua que a Microsoft e Apple juntam forças para derrubá-lo

7

Segundo David Drummond, um dos chefes da gigante Google, a Microsoft e a Apple estão juntando forças secretamente para derrubá-lo do mercado de smartphones através da aquisição e compra de diversas patentes para depois usá-las contra a Google.

Ainda segundo Drummond essa seria uma estratégia desleal e ilegal das duas maiores companhias de softwares do mundo para eliminar a concorrência que vem crescendo assustadoramente, especialmente no caso do sistema operacional Android que já possui números recordes de ativações diárias, com cifras que chegam a mais de 550.000 dispositivos ativados por dia em todo o mundo.

Obviamente que nem a Apple nem muito menos a Microsoft admitem que tal insinuação seja verdadeira, muito pelo contrário, segunda Steve Ballmer, CEO da Microsoft e um dos criadores do Windows, quem pratica a concorrência desleal é a Google, ao selecionar a dedo em seu buscador quais conteúdos apresentar primeiro ao usuário. Como no caso do youtube que sempre aparece no todo da lista quando buscas de vídeos são solicitadas mesmo tendo outras fontes mais “relevantes”. Conteúdos presente em sites de concorrentes precisam gastar milhões para poderem aparecer no topo da lista da Google, tudo isso segundo Ballmer. Inclusive nos tribunais europeus já existe um processo constando uma queixa de antitruste da Microsoft contra a Google.

Entenda o problema: o Android é uma plataforma livre e aberta, portanto os custos para empresas de aparelhos celulares usarem o OS é bem menor do que para usar os Software da Apple ou da Microsoft certo? Errado! Outro dia mostramos para vocês que até a Google paga taxas de patentes para a Microsoft. Por exemplo, para cada aparelho HTC vendido com o OS da Google, a empresa paga cerca de US$ 5,00 a Microsoft por taxas de uso de patentes, no caso a HTC paga a Microsoft. É justamente dessa questão que a Google se queixa, pois, a Apple e a Microsoft estariam praticamente comprando diversas patentes para gradativamente aumentar ainda mais as taxas de uso de suas patentes para no futuro deixar o uso do Android inviável devido a altos custos com taxas de uso de patentes. Há certo fundo de verdade nisso tudo, contudo, acredito que isso seja mais uma estratégia de defesa da Google do que uma demonstração de preocupação em mostrar que o Android precisa continuar gratuito, o que na verdade nunca foi e nunca será.

Ninguém da Apple chegou a comentar as insinuações de Drummond ao menos até o momento. Abaixo segue um trecho da declaração de David Drummond para quem quiser conferir. Nessa briga de titãs, nós pobres mortais só podemos observar e ver o que vai acontecer depois.

“Nós não somos ingênuos, a tecnologia é uma indústria forte e em constante mudança e nós trabalhamos muito duro para manter-nos concentrados em nosso próprio negócio e criar produtos ainda melhores. Mas, neste caso achamos que era importante falar para todos e deixar claro que estamos determinados a preservar o Android como uma opção competitiva para os consumidores, impedindo aqueles que estão tentando estrangulá-lo. “

Fontes: Pocketnow  e winrumors

 

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!