Google “joga sujo” para tomar para si clientes do Office da Microsoft

0

Faz tempo que sabemos que a Google e a Microsoft são arquirrivais eternas… há tempos o Windows Phone sofre (ou nem tanto assim) com a falta dos apps oficiais da Google, como o Youtube, Google Plus, Google Maps, Hangout, Drive, entre outros. Sabe-se que eles não lançam esses apps na Windows Store simplesmente porque não querem, e não porque a plataforma é irrelevante, já que ninguém mais pode afirmar isso, mas sim por rincha mesmo.

Querem uma prova disso? As novas medidas tomadas pela Google para tomar para si clientes do Office da Microsoft mostram como a gigante das buscas gosta de jogar.

Google apps for work VS Microsoft Office

A expressão “tomar” se encaixa perfeitamente aqui, já que uma das formas de ganhar clientes para sua própria suíte de apps de produtividade, o Google Apps for Work, é dar uma licença de uso gratuita dessas ferramentas para empresas que têm um acordo com a Microsoft para usar o Office. A gratuidade é apenas para quem tem contrato com a Microsoft (na cara dura hein?).

Quel vc vai escolher?

Qual você vai escolher?

Além disso, eles ofereceram U$ 25, por funcionário treinado, a grandes empresas revendedoras, que atualmente gastam seu tempo treinando pessoas para usar o Office da Microsoft. A justificativa desse valor, para não dizer que é um tipo de comissão, é para custear o treinamento no Apps for Work.

Pelo visto a Google quer tirar a soberania da Microsoft quando o assunto são apps de produtividade. A suíte Office reina desde sempre e vai ser difícil alguém destroná-la, mesmo com estratégias um tanto quanto sujas como essas.

Fontes: Business Insider

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!