HTC demite 15% de seus funcionários e a esperança para a empresa pode ser o Windows 10 Mobile

0

HTC One M8 windows phone GSM

A HTC já teve dias melhores. “No auge da sua vida” a empresa chegou a estar listada entre os principais fabricantes de telefones inteligentes do mundo, juntamente com a Nokia, Blackberry, Samsung e LG. Desse top five, duas já sucumbiram as grandes mudanças do mercado desde o lançamento do iPhone em 2007 e posteriormente do Android no ano seguinte. Restaram a Samsung, atual líder do seguimento, e a LG, que também segue firme com o Android da Google. Nem vamos falar da Blackberry porque a coisa tá feia por lá. O fato é que a HTC demitiu 15% de sua força de trabalho recentemente e a empresa já não vale tanto quanto antes.

O problema da HTC é justamente o Android. Segundo um analista da Asymco, Horace Dediu, a HTC não tem cartas na manga para jogar. Isso porque o Android não oferece nenhuma diferenciação significativa para as fabricantes. Ele continuou dizendo que não há nada que a HTC possa construir em cima do Android que qualquer outra fabricante na Índia ou na China não posso fazer o mesmo.

Já o analista da Juniper Research, James Moar, disse: “A HTC tem enfrentado uma concorrência séria no seguimento de smartphones, e seu mais recente modelo, o M9, não trouxe quaisquer melhorias particularmente impressionantes com relação ao seu antecessor, o M8“.

HTC-One-M8-Windows-Phone

Esse mesmo analista da Juniper Research acredita que a HTC pode aproveitar o momento para se diferenciar de verdade, dando total apoio ao Windows 10 Mobile assim que ele for anunciado, possivelmente em outubro. Ele acredita que a HTC tem potencial para se tornar a melhor alternativa frente aos Lumias da Microsoft, e como a gigante de Redmond declaradamente já comentou que iria dar mais espaço para os OEMS de sua plataforma móvel, seria o momento perfeito para a HTC entrar de cabeça no universo Windows, e esse seria seu diferencial.

Atualmente a HTC tem apenas 1,2% de cota de mercado no universo Windows, contra mais de 95% dos Lumias da Microsoft. Mas, isso pode mudar, já que Satya Nadella deverá enxugar o portfólio de Lumias, dando mais espaço para as demais OEMs da plataforma.

HTC 8X, um top de linha com Windows Phone desconhecido dos brasieiros

HTC 8X, um top de linha com Windows Phone desconhecido dos brasieiros

Carolina Milanesi, chefe de pesquisa da Kantar Worldpanel, disse: “A HTC precisaria de um design diferenciado, bem como uma grande quantidade de investimentos em marketing para ser capaz de competir com os grandes orçamentos de marketing que a Samsung e Apple já tem…”. Isto é, se eles continuarem insistindo no Android, a marca pode chegar ao mesmo fim que teve a Nokia.

Claro que o caso específico da Nokia não é muito animador, tendo em vista que a empresa apostou todas as suas fichas no Windows Phone, e como não obteve o sucesso esperado foi “forçada” a se desfazer de sua divisão mobile, vendendo-a para a própria Microsoft, criadora do Windows Phone.

Agora as coisas são diferentes e a proposta do Windows 10 Mobile é muito mais cativante que a do Windows Phone. Quem sabe a HTC escute os conselhos desses analistas e dê um passo para traz quanto ao uso intenso do Android, e outro para frente com relação ao uso do Windows 10 Mobile.

Fontes: WMPoweruser

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!