Huawei Mate 10: smartphone com PC Mode inspirado no Continuum e integração com o LinkedIn

0

Hoje, a Huawei apresentou o Mate 10, seu poderoso smartphone top de linha com destaque para um recurso já bem conhecido dos usuários de telefones Windows: o Modo Continuum. A Huawei parece ter feito um bom trabalho, mantendo a maioria dos recursos que fazem do Continuum uma ótima feature.

O PC Mode do Huawei Mate 10 funciona com apenas um cabo padrão USB-C para HDMI. O dispositivo possui uma área de trabalho multi-janela completa chamada EMUI, com ícones e um dock, e a tela do telefone e da área de trabalho pode ser operada de forma independente, enquanto ainda possui um trackpad e função de teclado quando você está sem um por perto.

Como o Continuum for Phones, acreditamos que o PC Mode também funciona via Miracast, ou seja, sem fio, embora não foi possível confirmar, e os usuários poderão fazer telefonemas e operar o seu aparelho sem interferir no uso expandido em uma tela grande.

Continuum no Windows 10 Mobile

As telas grandes já são bem suportadas pelo software de produtividade da Microsoft, como o Office365 por exemplo, no Android, e devido ao baixo custo de implementação, tenho certeza de que muitos proprietários da Huawei Mate 10 vão tentar usar este recurso.

O Huawei Mate 10 vem com uma tela de 5,9 polegadas com uma resolução de 2560 × 1440 pixels, enquanto o irmão maior, o Huawei Mate 10 Pro vem com uma tela de 6 polegadas com uma resolução de 2160 × 1080 pixels. Ambos os dispositivos vêm com 4 GB de RAM, mas, a Huawei também venderá uma variante de 6 GB do Mate 10 Pro. Ambos os dispositivos também contam com a própria CPU Kirin 970 da Huawei, uma bateria de 4,000 mAh e duas câmeras na traseira. O Mate 10 virá com 64GB de armazenamento interno, mas, o modelo maior, Mate 10 Pro também estará disponível com 128GB de armazenamento.

A Huawei começará a vender o novo Huawei Mate 10 no próximo mês, e os preços começam em $ 825 dólares, enquanto o Huawei Mate 10 Pro custará $ 943 dólares. Veja uma demo mais real do PC Mode em ação, por Ben Sin abaixo:

A Microsoft ajudou a tornar o Huawei Mate 10 um telefone corporativo. 

Além da Huawei anunciar seus últimos dispositivos emblemáticos, o Mate 10 e o Mate 10 Pro, outra novidade chamou a atenção. Assim como o Samsung Galaxy S8 Microsoft Edition, personalizado com apps da Microsoft, os novos smartphones da Huawei também estão pré-instalados com alguns serviços da Microsoft. O primeiro é o aplicativo Microsoft Translator que faz uso da nova Neural Processing Unit (Unidade de Processamento Neural) nesses dispositivos para traduzir o conteúdo offline.

Outra grande surpresa, a Huawei integrou o LinkedIn diretamente no sistema operacional. Todos os novos usuários do EMUI 8 podem conectar sua conta do LinkedIn em seus smartphones Huawei para ver as informações de perfil mais recentes sobre seus contatos profissionais, diretamente no catálogo de endereços telefônicos nativo do sistema.

Uma vez que a conta do LinkedIn esteja conectada no smartphone, se um usuário receber uma chamada telefônica de qualquer pessoa em sua rede profissional, ele saberá instantaneamente mais informações sobre o contato, a empresa para a qual eles trabalham e sua foto de perfil do LinkedIn diretamente na tela de recebimento de chamadas telefônicas. E se ele receber um e-mail de um remetente desconhecido, ele pode ver a identidade profissional do remetente do LinkedIn em um único toque.

A equipe do LinkedIn está trabalhando com a Huawei para obter mais dessas integrações no futuro.

E aí, gostou das novidades da Huawei? Deixe seus comentários.

Fonte: MSPU

Share.

About Author