IDC registra queda nas vendas de aparelhos com Windows Phone em todo o mundo

76

De acordo com o IDC, empresa que realiza pesquisas e análises financeiras, agora no segundo trimestre de 2014, houve um registro de queda nas vendas de aparelhos com Windows Phone. A queda foi de 9,4% se comparado ao mesmo período do ano passado.

Ao todo foram vendidos 7.4 milhões de modelos de Windows Phone nesse período de 2014, já em 2013 foram 8.2 milhões. Esse número é tão significativo que provocou uma queda também na participação de mercado do Windows Phone no cenário mundial, antes de 3,4% agora 2,5%.

IDC vendas de Windows phone queda 2014

Isso possivelmente é mais um reflexo da compra da divisão mobile da Nokia pela Microsoft no começo do ano, período no qual já havíamos reportado uma queda nas vendas de Lumias, que são os principais modelos de Windows Phone, já que representam mais de 85% dos aparelhos ativos em todo o mundo com o S.O. móvel da Microsoft. As incertezas do negócio entre as duas gigantes provocaram um grande alvoroço no mercado e em bolsas de valores.

IDC participação de mercado

De qualquer forma, é bom a Microsoft começar a pensar e repensar em suas estratégias de vendas, já que enquanto o Windows Phone sofreu esse tropeço, o Android e o iOS cresceram. Foram mais de 255,3 milhões de aparelhos vendidos com o S.O. da Google. Número gigante até mesmo para a segunda colocada, a Apple, que vendeu cerca de de 35,2 milhões de dispositivos, entre iPads e iPhones.

Um dos caminhos que a Microsoft deve tomar para tentar mudar esse cenário é investir ainda mais nos aparelhos de baixo custo (low-end), pois, segundo o próprio IDC, são esses modelos os responsáveis pelo maior volume de vendas de aparelhos com Android e com Windows Phone, mais de 60%. Será que os Lumia 530 e 630 podem ser uma saída?

IDC vendas de Windows phone queda 2014 low ends

Fontes: IDC via: Tecmundo

Obg ao Fábio Neves pela dica 😉

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!