iFixit desmontou o Surface Studio e encontrou um chip ARM

0

ifixit-surface-studio-teardown

iFixit, uma empresa bem conhecida por desmontar novos produtos tecnológicos, principalmente da Apple, está com o novíssimo Surface Studio em mãos, e descobriram um interessante chip ARM por trás da belíssima tela de 28 polegadas.

ifixit-surface-studio-teardown-chip-arm-blue

Chip ARM da Atmel do lado direito em azul

iFixit descobriu que a placa-mãe do Surface Studio realmente é dividida em duas partes, com um lado na base, e a outra, maior, localizado atrás da tela. Entre todos os chips diferentes que são soldados para esta parte da placa, a iFixit observou a presença de um processador ARM Cortex M7 de 32 bits da Atmel, e ao que parece, ele na verdade está ali ajudar na exibição do PixelSense no Surface Studio.

ifixit-surface-studio-teardown-03

A Microsoft integrou um chip ARM na placa-mãe do Surface Studio e como a iFixit não deu maiores informações de qual função exatamente esse chip está executando, podemos esperar que seja algo relacionado ao Surface Dial e a enorme tela touch, assim como a Apple também o fez, incluindo  um chip ARM no seu novo MacBook Pro Touch Bar para substituir as teclas de função.

ifixit-surface-studio-teardown-02

Em geral, a iFixit deu ao Surface Studio uma nota 5 no grau de reparabilidade, em uma escala de 1 a 10 (10 é o mais fácil de reparar) a mesma que o iMac 5K da Apple, observando que a RAM, CPU e GPU são soldadas e não podem ser atualizadas, embora a unidade de armazenamento híbrido (SSD e HDD) é removível, permitindo a substituição. Então, se você está pensando em adquirir um Surface Studio, pode ser uma boa ideia escolher entre os modelos com 16 ou 32GB de RAM.

ifixit-surface-studio-teardown-01

Considerações finais em termos de reparabilidade, segundo a iFixit:

Prós:

  • A base é fácil de abrir e com vários componentes modulares, incluindo o disco rígido padrão SATA e SSD, que pode ser substituído sem desmontar o display.
  • A montagem de tela inteira pode ser substituída como uma peça, sem desmontar o monitor ou a base.

Contras

  • A memória RAM, CPU e GPU são soldadas e não podem ser atualizadas.
  • Alguns componentes incorporados no display (botões, sensores frontais e alto-falantes) serão difíceis de substituir em caso de falhas.

Para ver o teardown completo e mais fotos do Surface Studio na iFixit, clique aqui.

Share.

About Author