Intel e Microsoft agora juntas também no mundo mobile

94

intel inside

Ninguém é maluco de negar a força que Intel e Microsoft possuem no mundo da tecnologia. A primeira é a maior fornecedora de processadores para desktops e notebooks pessoais do mundo, enquanto a segunda é a dominante quando o assunto é sistema operacional.

Só que quando o assunto é o mercado mobile as coisas ficam um pouco diferentes. Qualcomm e Nvidia dão uma surra de gato morto uma lavada na Intel e nem precisamos lembrar da brutal diferença de Market share entre Windows Phone, iOS e Android.

Agora as duas empresas podem tentar reeditar a parceria do mundo dos desktops no campo de batalha dos Smartphones. Isso por quê a Intel divulgou que sua nova linha de processadores para dispositivos moveis, o Aton X3, também será compatível com o Windows 10 para smartphones. Sim… poderemos ver no futuros Lumias com aquele velho adesivo do Intel Inside.

Windows-Phone-Intel-Atom-Inside1

Aicha Evans, vice-presidente da Intel e diretora da Divisão de Comunicação e Dispositivos da empresa, informa que smartphones com o Atom X3 serão capazes de desempenhar o básico sem dificuldades. Infelizmente ela não disse quais fabricantes vão combinar Windows e o Atom X3, muito menos quando. O modelo mais básico do processador vem apenas com suporte para redes 3G, o que é ótimo para aparelhos intermediários. Já aparelhos mais avançados com suporta 4G estão programados para o segundo semestre de 2015, praticamente junto do lançamento do Windows 10.

Eu apostaria em um modelo intermediário da HTC. A empresa é famosa por ser a primeira a apostar em novas tecnologias e tendências, além de ser uma velha parceira da Microsoft.

E você acredita que Microsoft e Intel podem repetir a boa parceria dos desktops também nos smartphones?

Fonte: Windows Central

Share.

About Author

Pai em tempo integral da menina mais linda do mundo. Tira umas 8 horinhas por dia se aventurando como engenheiro para ganhar o leite das crianças. No tempo vago é amante de tecnologia e inovação. As vezes se distrai com desenvolvimento de hardware, software e automação. É fã do Windows 10 e insider de carteirinha.